Razão Social, Nome Fantasia e Marca: entenda a diferença entre eles!

Na quarta parte da nossa série “De desempregado a microempresário”, vamos falar sobre um tema que ainda gera confusão entre muitas pessoas: a diferença entre razão social, nome fantasia e marca. Nos artigos anteriores, explicamos como um freelancer pode se formalizar como Microempreendedor Individual (MEI) e depois como Microempresa (ME).

Se você ainda não leu, acesse:

Se você, assim como o nosso personagem Mariano (lembra dele?), ficou procurando emprego durante um bom tempo, sem sucesso, mas conseguiu superar essa fase e decidiu abrir o seu próprio negócio, imagine a felicidade na hora de se registrar como Microempresa!

Mas, além da alegria, outros sentimentos naturalmente podem aparecer, como insegurança e medo de não dar conta dessa grande responsabilidade, além de várias dúvidas diante das questões burocráticas. E uma delas pode ser justamente: “que nome devo escolher para a minha empresa?”

Quando você é MEI, o nome da empresa é o seu próprio nome, seguido do CPF. Mas ao se tornar ME, a escolha é diferente. Vamos te explicar melhor!

Está gostando? Então continue lendo esse artigo, para você aprender mais sobre:

O que é Razão Social?

razão social - nome fantasia- marca

Da mesma forma que o seu nome completo tem que ser registrado quando você nasce, através da certidão de nascimento, o mesmo acontece com uma empresa, através da Razão Social. Conhecida também como Nome Comercial, Denominação Social ou Firma Empresarial, a Razão Social é o nome completo de uma empresa registrado em Cartório ou na Junta Comercial do seu estado e é o primeiro item pedido pelo Contrato Social, quando este for necessário (lembramos que o EI- Empresário Individual- , não precisa ter Contrato Social).

A Razão Social também irá constar em todos os documentos formais emitidos pela empresa, como cartão de CNPJ, contratos, cheques, alvarás, notas fiscais emitidas e recebidas, dentre outros. Por isso é uma informação muito importante e deve ser pensada com atenção, pois pode acompanhar o seu negócio para sempre.

“Ok, entendi. Mas como devo escolher o nome da minha microempresa?”

A Razão Social é composta por três partes, nessa ordem:

  1. identificação própria.
  2. ramo principal de atuação da empresa
  3. enquadramento jurídico (se LTDA, EIRELE, S/A etc.)

Uma observação importante! No caso de uma Microempresa enquadrada como Empresa Individual, a sigla EI não precisa constar na Razão Social e a identificação própria deve ser o nome completo ou abreviado do microempresário (com exceção do último sobrenome), seguido do ramo de atuação e natureza jurídica (ME). Explicaremos melhor.

Tomando como exemplo o nosso personagem Mariano, que abriu uma Microempresa EI no ramo de promoção e organização de eventos infantis, ao registrar a sua ME na Junta Comercial, ele poderia ter escolhido umas das seguintes Razões Sociais:

  • Mariano Silva Sauro Organização de Eventos- ME
  • M S Sauro Organização de Eventos- ME
  • M Silva Sauro Organizaçãode Eventos- ME
  • Mariano S Sauro Organização de Eventos- ME

Quando a empresa estiver enquadrada em outras naturezas jurídicas diferentes de EI, a Razão Social não precisa ser o nome extenso do proprietário. Para ilustrar, veja a Razão Social da Agilize e de outras empresas conhecidas nacionalmente:

  • Agilize Servicos Contabeis – Eireli – ME
  • Natura Cosméticos S.A.
  • Itaú Unibanco Banco Múltiplo S.A.
  • Coca-Cola Indústrias Ltda.

Podem existir duas empresas com a mesma Razão Social?

razão social-nome fantasia-marca

No mesmo estado, não pode haver duas empresas com o mesmo nome comercial e atuando no mesmo ramo de atividade, pois poderia gerar confusão e até concorrência desleal.

Imagine se na Bahia, por exemplo, existissem duas empresas com a mesma razão social do nosso personagem: Mariano Silva Sauro Organização de Festas – ME. Imagine, ainda, se uma dessas empresas homônimas estivesse irregular. Além de confundir os clientes, a empresa em situação irregular poderia manchar a reputação da empresa que estivesse com tudo em dia, prejudicando o empreendedor.

Mas se, ainda na Bahia, além da Mariano Silva Sauro Organização de Festas – ME existisse também outra empresa com a Razão Social Mariano Silva Sauro Software- ME, então não haveria problema, pois cada uma atuaria em ramos diferentes.

Ou seja, no mesmo estado, o nome da pessoa jurídica deve ser EXCLUSIVO. Por isso, antes de registrar a sua empresa, é importante que você ou seu contador verifique na Junta Comercial ou cartório de registro do seu estado se a razão social que deseja já existe. Normalmente, é cobrada uma taxa para esse tipo de levantamento.

Talvez você esteja se perguntando: “Mas então, em estados diferentes pode haver empresas com o mesmo nome?”

Exatamente, pois tanto a razão social como o nome fantasia são registrados em órgãos estaduais e não nacionais. Assim, pode existir uma Mariano Silva Sauro Software- ME, na Bahia e outra no Rio de Janeiro, por exemplo.

Dessa forma, para garantir a diferenciação do seu negócio, é importante registrar a sua marca, pois ela deve ser única em todo o país. Adiante, falaremos mais sobre isso.

Mas antes, vamos explicar o que é Nome Fantasia.

O que é Nome Fantasia?

razão social-nome fantasia-marcas

É muito comum as pessoas confundirem a Razão Social com o Nome Fantasia, principalmente o empreendedor de primeira viagem. Afinal, o mundo dos negócios pode parecer um pouco confuso e complicado quando você está abrindo a sua primeira empresa.

O Nome Fantasia seria o apelido da empresa, como ela realmente vai ser conhecida. É o nome que será utilizado para divulgação nas redes sociais, em materiais gráficos, no site institucional, na fachada do seu estabelecimento e em demais canais que queira utilizar para divulgar o seu negócio. Pode ser igual à Razão Social ou completamente diferente.

Até mesmo o MEI pode, a qualquer momento, ter Nome Fantasia. Basta atualizar os dados cadastrais no Portal do Empreendedor.

Apesar do Nome Fantasia poder ser igual à Razão Social, o ideal é escolher um nome diferente, criativo, que chame a atenção e inspire a curiosidade das pessoas.

Por isso, vale a pena pedir ajuda da família e amigos e escrever vários nomes no papel até achar o que lhe pareça perfeito. Mas saiba que em um processo criativo, normalmente, as primeiras ideias que surgem são ruins e clichês!

Se depois de pensar e pensar, não surgir nenhum nome interessante, saiba que há empresas que trabalham com criação de nomes e marcas. Dê uma pesquisada na internet 😉

O que é Marca?

razão social- nome fantasia-marca

É um símbolo, a identidade visual de uma empresa e o que fará ela ser lembrada por todos.Tanto a Razão Social, como o Nome Fantasia ou qualquer outro nome ou símbolo que queira criar, podem ser registrados como marca. Desse modo, ela pode ser formada por:

  • apenas por palavras ou combinação de letras;
  • palavras e figuras (logos);
  • ou apenas por figuras, isto é, formada por desenho, imagem ou qualquer forma.

A marca da Agilize, por exemplo, é formada por palavra e imagem

razão social- nome fantasia- marca

“Pode haver duas empresas com marcas iguais?”

Pode, se nenhuma das marcas for registrada. Você não é obrigado a registrar a sua marca, mas se não o fizer, também não terá exclusividade sobre ela, havendo o risco do concorrente imitar ou reproduzir a sua marca e até mesmo registrá-la antes de você, te obrigando a ter que inventar outra marca. Já imaginou a dor de cabeça e frustração?

Por isso, é muito importante registrá-la, pois, além de garantir que a identidade visual do seu negócio seja única, há muitas outras vantagens, como:

  • facilitar que seu produto ou serviço seja facilmente reconhecido por seus clientes e consumidores;
  • licenciar o seu uso, mediante remuneração;
  • obter indenização pela utilização indevida por terceiros;
  • ser utilizada como um elemento publicitário para a conquista de novos clientes;
  • integrar o patrimônio de uma empresa, como ativo, que pode até ser vendido e valer mais do que todos os equipamentos e produtos dessa empresa.

Se você ainda não se convenceu da importância da criação e registro de uma marca, saiba que existem empresas que trabalham exclusivamente com criação e gestão de marcas de outras empresas. Esse serviço se chama branding e tem como finalidade tornar a marca mais conhecida, positiva, desejada e até mesmo defendida pelos consumidores.

É fácil perceber quando isso acontece. Basta lembrarmos das vezes que, no nosso dia a dia,trocamos o nome do produto pela marca. Quando precisamos limpar uma panela, procuramos por esponja de aço ou Bombril? Quando vamos limpar o ouvido, buscamos por uma haste pequena em volta de algodão ou pelo Cotonete (nome de um dos produtos da Johnson & Johnson)? Quando precisamos colocar as contas da empresa em dia, procuramos por um serviço de contabilidade qualquer ou buscamos diretamente a Agilize? 😀

E como registrar a marca?

razão social- nome fantasia - marca

O registro é realizado no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), órgão do governo ligado ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Somente o proprietário da empresa ou um advogado nomeado para isso pode registrar a marca, e o processo é feito em quatro etapas:

  1. Pesquisa: inicialmente, é importante pesquisar no banco de dados do INPI se a marca que você pretende registrar não foi registrada antes por terceiros.
  2. Pagamento da taxa: cadastre-se no portal, emita e pague a Guia de Recolhimento da União (GRU). Pessoas físicas e microempresas têm desconto.
  3. Realização do pedido: após pagar a GRU, acesse o e-Marcas e preencha o formulário online. Nele, você precisará anexar a imagem da marca.
  4. Acompanhamento:ao longo do processo, pode ser exigido o envio de documentos. Por isso é importante acompanhar o andamento do pedido com regularidade, para não perder os prazos.

Esse processo é longo e o seu pedido pode demorar até cinco anos para ser aprovado, por isso é importante ter o auxílio de um advogado ou agente de propriedade industrial.  Quando finalmente a aprovação sair, vai ser publicada na Revista da Propriedade Intelectual, da INPI, e a sua marca ganha o direito de carregar o símbolo ®. Nenhum outro estabelecimento comercial poderá usá-la sem a sua autorização. O registro é válido por dez anos, inicialmente, e prorrogável a cada dez anos.

Uma empresa pode ter várias marcas e, para cada uma, é necessário um registro.

Para encerrar…

Deixamos um alerta super importante para você, empreendedor: de nada vale ter  um nome fantasia criativo, uma marca bonita e desejável, pagar para registrá-la, gastar uma grana com branding se, no final das contas, você oferecer um serviço ou produto ruim. Não há reputação que se sustente.

Por isso, tenha sempre em mente que a qualidade do seu negócio deve estar presente desde o seu surgimento. Afinal, todo negócio deve ter como foco a satisfação do cliente.

Sobre a Agilize

Somos a primeira empresa de contabilidade online do Brasil. Transformamos seu MEI em ME e cuidados da contabilidade da sua empresa enquanto você fatura. Tudo online, de forma tranquila e segura.

Escolha uma contabilidade movida por facilidades. Conheça a Agilize


Contabilidade completa – Cuidamos de todas as suas obrigações contábeis
Atendimento excelente – Telefone, chat ou e-mail
Tudo pela internet – Emita notas fiscais e acompanhe tudo no nosso aplicativo financeiro gratuito

Quero receber uma proposta

Fernanda Oliveira

Fernanda Oliveira

Fernanda é social media, produtora de conteúdo e especialista em marketing digital. Formada em comunicação, com MBA em Gestão Sustentável e Responsabilidade Social Corporativa e mestrado em Cultura e Sociedade, Fernanda é uma eterna curiosa e aprendiz, como toda geminiana.

Faça um Comentário

Você pode trocar de contabilidade quando quiser. Não é necessário finalizar o ano fiscal, e não tem nenhum custo.

Tem alguma dúvida sobre por que você deve contratar a Agilize? Fale com um dos nossos contadores experts:

Ligamos para você

Entraremos em contato em até 30 minutos, e você não estará assumindo nenhum compromisso com a Agilize.
(de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h)

Você considera contratar uma contabilidade online?

4 coisas que você deve considerar ao contratar uma contabilidade online:

Os preços cobrados pela contabilidade online

Você deve se proteger de empresas que não são transparentes nos preços cobrados. Na Agilize, você fica ciente de absolutamente tudo que será cobrado, sem pegadinhas, com planos a partir de R$ 99. E não cobramos a 13ª mensalidade dos nossos clientes.

Os serviços prestados pela contabilidade online

Fique atento(a) aos serviços prestados para que você não tenha surpresas no futuro. A Agilize é uma contabilidade completa, que atende empresas de prestação de serviços em 14 cidades no Brasil.

O aplicativo financeiro e contábil

Oferecer um aplicativo de gestão financeira e contábil completo e que funcione corretamente é fundamental para que você possa focar no crescimento do seu negócio. A Agilize oferece um sistema completo, que funciona em computadores, celulares e tablets.

O atendimento é feito por contadores experts

É importante que você saiba quem está cuidando da sua empresa, e também que tenha acesso a essas pessoas. Na Agilize, você conta com um time de contadores experts acessíveis desde a contratação, sempre que precisar.