Dicas de como abrir empresa em Salvador!

abrir empresa em salvador

Se você quer saber como abrir uma empresa em Salvador, chegou ao lugar certo. Este artigo é um guia para você que quer empreender na capital baiana e ainda não sabe o que fazer para formalizar o seu negócio e começar a atuar em conformidade com a lei.

Acompanhe!

  1. Por que abrir empresa em Salvador?
  2. O que é preciso para abrir uma empresa em Salvador?
  3. Como abrir empresa em Salvador? Veja o passo a passo!
  4. Saiba quais são os custos para abrir empresa em Salvador
  5. Quanto tempo leva para abrir uma empresa?

Por que abrir empresa em Salvador?

Salvador é uma ótima opção de cidade para empreender. A capital da Bahia é um dos lugares mais procurados do Nordeste e se destaca por atrair atividades empresariais de diversos tipos, especialmente devido ao apoio ao empreendedorismo na região.

Além de todo o apoio, o empreendedor também encontra um público receptivo, boa infraestrutura para a abertura de empresas e uma cultura empreendedora.

É por isso que a cidade vem ganhando cada vez empresários. uma pesquisa feita pela pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) indica que Salvador é a 6ª melhor cidade do Nordeste para empreender, e 39ª no ranking nacional.

Atualmente, a cidade tem mais de 300 mil empresas, sendo a maioria delas nos ramos de comércio, promoção de vendas e salão de beleza.

Antes de continuar, aproveita e já se inscreve em nossa newsletter para ter todas as informações sobre o mundo empreendedorismo.

O que é preciso para abrir uma empresa em Salvador?

Para abrir uma empresa em Salvador, é preciso ter em mãos uma série de documentos. Saiba quais são!

Documentos pessoais

  • RG e CPF dos sócios;
  • comprovante de endereço residencial;
  • Certidão de Casamento (caso tenha);
  • carteira do órgão regulamentador, caso necessário (OAB, CREA, etc);
  • última declaração do Imposto de Renda.

Documentos da empresa

  • comprovante do endereço onde a empresa será sediada (caso não seja o endereço residencial de um dos sócios);
  • comprovante de pagamento do IPTU desse mesmo imóvel;
  • Capital Social;
  • Contrato Social.

Além disso, é claro, o empreendedor também deve ter um planejamento estratégico empresarial. Apesar de não ser uma exigência dos órgãos, esse documento é essencial para o sucesso do empreendedor, pois funciona como um guia para tudo o que será feito na empresa.

Leia mais: Como fazer um bom planejamento estratégico empresarial

Como abrir empresa em Salvador? Veja o passo a passo!

Se você já tem um plano de negócio, é só seguir esses passos para abrir a sua empresa em Salvador!

1.Pesquisa de nome da empresa – Razão Social (JUCEB)

Toda empresa deve ter um nome jurídico, chamado de Razão Social. De acordo com a Lei, a Razão Social da empresa deve ser única, ou seja, não pode haver dois ou mais CNPJs com o mesmo nome. 

Por isso, o primeiro passo para abrir empresa em Salvador é pesquisar se o nome escolhido está disponível na Junta Comercial da Bahia (JUCEB).

A consulta pode ser feita pela Internet, no site da instituição.

A nossa dica é que você já tenha em mente mais de uma opção de nome. Assim, se a sua primeira opção não estiver disponível, você não precisa perder tempo pensando em outras possibilidades, o que pode atrasar a abertura da sua empresa em Salvador.

2. Verificação do CPF dos Sócios (JUCEB e Receita Federal)

O segundo passo para abrir empresa em Salvador é a verificação do CPF dos sócios da empresa na JUCEB e na Receita Federal.

Essa verificação é necessária para confirmar que os sócios não estão pendentes perante o Estado e também para comprovar se os nomes estão de acordo com o que consta no banco de dados da Receita Federal.

Essa consulta é gratuita e pode ser feita no site da Receita Federal.

3. Preparação de documentação da empresa 

Caso não haja problema com os CPFs dos sócios a contabilidade pode preparar os documentos necessários para dar entrada na SEDUR (Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Cidade de Salvador) e na JUCEB.

Esses são os documentos necessários:

  • Contrato Social;
  • Declaração de Microempresa;
  • Capa do processo (JUCEB);
  • Documento Básico de Entrada da Receita Federal.

Para o preenchimento desses documentos, você deverá ter acesso às seguintes informações:

  • Atividade(s) da empresa;
  • Endereço da empresa;
  • Capital Social;
  • Percentual de participação (cotas) de cada sócio;
  • Quem será o administrador (responsável);
  • Estado Civil, se casado informar o regime do casamento;
  • Profissão dos sócios.

Não precisa se assustar — se você não for MEI, vai precisar contar com a ajuda de um contador para abrir a empresa, ele pode ajudar com toda a documentação. A contabilidade também vai precisar de cópias autenticadas dos documentos pessoais e comprovantes de residência dos sócios, que deverão assinar e rubricar toda a documentação.

4. Pesquisa de viabilidade de localização (SEDUR)

Após o preparo desses documentos, a contabilidade pode dar entrada ao processo de abertura na SEDUR, onde será verificada a possibilidade da empresa desenvolver suas atividades no endereço comercial desejado.

Para dar entrada nesse processo, é preciso apresentar a seguinte documentação:

  • formulário preenchido na internet, pelo site da SEDUR;
  • procuração do requerente, caso a solicitação seja feita por terceiros;
  • foto da fachada do imóvel mostrando edificações vizinhas e quantidade de pavimentos do edifício;
  • mapa da localização;
  • inscrição imobiliária do imóvel;
  • comprovação de vinculação de vagas, quando necessário.

5. Liberação da localização – TVL (SEDUR)

Após a aprovação na SEDUR, deve ser feito o pagamento de uma taxa, cujo valor varia de acordo com a atividade a ser realizada. Depois disso, é feita a liberação do TVL (Termo de Viabilidade de Localização), documento que comprova que a atividade desenvolvida pela empresa pode ser exercida no local requerido.

6. Envio do DBE (Receita Federal)

Nesse momento, a contabilidade prepara e envia o DBE, que é o documento básico de entrada que irá gerar o número do CNPJ da empresa. 

7.Registro da Empresa (JUCEB)

Para esta fase final da abertura de empresa em Salvador, é fundamental entregar os seguintes documentos assinados e rubricados:

  • 03 vias do contrato social,
  • 03 vias da declaração micro empresa,
  • capa do contrato,
  • capa da declaração micro empresa,
  • RG e CPF dos sócios
  • Ficha de Cadastro Nacional 01 e 02
  • Caso a JUCEB não aprove a documentação enviada, a contabilidade precisará revisar os documentos e enviar novamente.

Depois da análise e consequente aprovação na JUCEB, a empresa finalmente está aberta!

Nesse momento, a contabilidade deve realizar o procedimento para habilitação de emissão de nota fiscal eletrônica pela empresa, além do envio do TFF (Taxa de Fiscalização de Funcionamento).

Além disso, também será necessário cadastrar a empresa no INSS e no FGTS.

Saiba quais são os custos para abrir empresa em Salvador

Como você viu aqui, o valor das taxas podem variar de acordo com as atividades a serem realizadas pela empresa. Mas, de modo geral, esses são os custos para abrir empresa em Salvador:

  • Taxa de inscrição para empresa individual na JUCEB: R$125,00;
  • Taxa de inscrição para empresas ltda ou sociedade limitada unipessoal na JUCEB: R$288,00;
  • TVL: variável;
  • TFF: variável de acordo com o CNAE escolhido;
  • Custos com contabilidade: variam de acordo com cada escritório.

Quanto tempo leva para abrir uma empresa?

Segundo a JUCEB, o tempo médio para abrir uma empresa na Bahia é de 4 dias e 6 horas. Esse tempo, é claro, depende de fatores como o local de funcionamento e as atividades de cada empresa.

Hoje em dia, com a tecnologia, abrir empresa em Salvador é cada vez mais rápido, pois grande parte do processo é feita online.

Conheça a Agilize!

Aqui na Agilize nós ajudamos você a abrir a empresa em Salvador mediante a contratação da nossa contabilidade, que também é muito econômica e eficiente

Além do que, a sua empresa obrigatoriamente precisa de um contador. Que tal unir o útil ao agradável e contar com a gente?

Te convido a solicitar o nosso contato para receber uma proposta personalizada para a realidade do seu negócio. Você receberá tudo bem explicadinho, com prazos, valores, benefícios incluídos e tudo mais.

Além do mais, o nosso time de atendimento é treinado e motivado a ajudar. Fazemos questão de ter um papo diferenciado, com muita prestatividade para atender você da maneira que você merece.

E já te contamos que somos uma empresa baiana? Sim! A primeira contabilidade online do Brasil é da Bahia, sim, senhor!

Solicite uma proposta personalizada logo abaixo e converse conosco!

Veja outros conteúdos selecionados para você!

  1. 10 dicas sobre como abrir uma microempresa
  2. Entenda se é possível abrir empresa com nome sujo
  3. Tudo o que você precisa saber para ser um Empresário Individual