Perfil do empreendedor brasileiro: descubra qual é o seu

caracteristicas-perfil-do-empreendedor-brasileiro

Você sabia que o Brasil é o segundo país com maior população absoluta de potenciais empreendedores? Segundo a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), são mais de 51 milhões de pessoas com potencial de perfil do empreendedor no país – que fica atrás apenas da Índia, com 115 milhões de potenciais empreendedores.

E não é para menos! Ter um negócio próprio é o segundo maior sonho dos brasileiros e 60% dos entrevistados pela pesquisa afirmaram que têm desejo de empreender e ser o seu próprio chefe.

Para chegar lá com sucesso, no entanto, é preciso percorrer um longo caminho, que envolve planejamento, execução, administração e análise de resultados. 

E saber qual é o seu perfil empreendedor ajuda muito nessa tarefa! Afinal, dessa forma é possível identificar os seus pontos fortes e fracos e escolher uma área que seja compatível com as suas habilidades — além, é claro, de trabalhar os pontos de melhoria para se tornar um empreendedor cada vez mais completo.

Neste artigo,a gente vai ajudar você a descobrir o que é um perfil empreendedor e a entender melhor qual é o seu. Esse conhecimento já é um grande passo para você que tem o sonho de ter o seu próprio negócio e pode ser o começo de uma jornada incrível!

Vamos lá?

  1. Antes de tudo, o que é ser empreendedor?
  2. O que é perfil empreendedor?
  3. Quais são os principais tipos de perfil empreendedor existentes?
  4. Existe um modelo ideal de perfil empreendedor brasileiro?
  5. Dicas para despertar o seu perfil empreendedor
  6. Abrindo sua própria empresa

Antes de tudo, o que é ser empreendedor?

A pessoa empreendedora é aquela capaz de ter novas ideias e realizá-las com empenho. E não confunda: ser empreendedor não é a mesma coisa que ser empresário!

O empresário é uma pessoa que tem uma empresa – o que não quer dizer que ele seja um empreendedor, pois pode não ter esse perfil criativo e realizador.

Ou seja, um empresário pode ou não ser um empreendedor; assim como um empreendedor pode ou não ter a sua própria empresa.

Saiba outros detalhes sobre o empreendedorismo e como abrir sua empresa em nossos conteúdos de blog enviados diretamente para seu e-mail. Inscreva-se em nossa newsletter e garanta:

O que é perfil do empreendedor?

O perfil empreendedor é aquele que tem vontade e capacidade de buscar por soluções diferentes para os problemas das pessoas, sempre usando a sua criatividade e inovação. 

Não é só isso — além de ter ideias, a pessoa com perfil empreendedor também tem a iniciativa de colocar essas ideias em prática. 

Ou seja, o bom empreendedor compreende o seu papel no desenvolvimento econômico da sociedade e está sempre de olho nas necessidades das pessoas.

Principais características

Essas são algumas características que estão presentes no perfil do empreendedor:

  • iniciativa: o empreendedor não tem medo de colocar as suas ideias em prática;
  • persistência: mesmo depois de fracassos, o empreendedor aprende com seus erros e aplica melhorias nas próximas tentativas;
  • saber vender: não basta colocar a ideia em prática, é preciso saber atrair o público e vender o seu produto para ter sucesso no empreendedorismo;
  • orientação por dados: o bom empreendedor coleta e analisa dados sobre os seus empreendimentos para aprender com eles e tomar decisões cada vez melhores;
  • correr riscos: muitas vezes, o empreendedor precisar arriscar e tomar decisões mais ousadas;
  • liderança: em muitos casos o empreendedor precisa contar com uma equipe e é essencial ter boas habilidades de liderança para ter sucesso no negócio;
  • curiosidade: é ela que ajuda a descobrir novos problemas e ter novas ideias para resolvê-los;
  • lifelong learning: o bom empreendedor sabe que é preciso estar sempre se capacitando e se atualizando sobre o mercado, tendências e metodologias de gestão.

Quais são os principais tipos de perfil do empreendedor existentes?

Essas são as características que, em geral, fazem parte do perfil empreendedor. Mas isso não quer dizer que para ter sucesso você precisa ter todas elas e nenhuma outra — afinal, todas as pessoas são diferentes e ter as suas próprias características pode acabar sendo um grande diferencial.

Existem diversos perfis de empreendedor, cada um com as suas particularidades. E, como falamos lá no início do artigo, descobrir qual é o seu é muito importante.

Isso vai fazer com que você entenda quais são as suas fraquezas (que devem ser aprimoradas) e quais são os seus pontos fortes, que, sem dúvida, devem ser explorados para que você tenha maiores chances de se destacar.

Além disso, entender qual é o seu perfil do empreendedor ajuda a escolher uma área para atuar!

Então que tal saber mais sobre os perfis de empreendedor?

Empreendedor informal

É aquele cujas ideias estão sempre ligadas às necessidades mais imediatas da sociedade e, aos poucos, vai crescendo e se desenvolvendo.

Muitas vezes, o empreendedor individual começa a empreender para garantir o seu sustento básico e, por isso, escolhe atividades de baixo risco, como a venda de lanches, por exemplo.

Empreendedor individual

Quando as coisas dão certo para o empreendedor informal e ele oficializa o seu negócio, ele passa a ser considerado um empreendedor individual — que tem um negócio pequeno e potencial para continuar crescendo (mesmo que ele ainda não saiba disso).

Normalmente, esse empreendedor ainda trabalha sozinho ou somente com um funcionário e segue oferecendo produtos e serviços que atendem às necessidades mais básicas da população.

perfil-do-empreendedor-individual

Empreendedor cooperado

É o empreendedor que está ligado a cooperativas, como um artesão ou produtor rural, por exemplo.

O empreendedor cooperado corre poucos riscos, costuma empreender de forma intuitiva e dispõe de poucos recursos. Por outro lado, pode ter vontade e potencial de crescer e, então, se desligar da cooperativa para se tornar um empreendedor individual.

Empreendedor franqueado

Já o empreendedor franqueado é aquele que busca um negócio mais seguro, com maior previsibilidade de renda e retorno de investimento certo. 

No entanto, é preciso seguir as regras estabelecidas pela franqueadora e nem sempre há espaço para a criatividade e inovação.

Empreendedor digital

É aquele que busca por soluções tecnológicas para os problemas do público, tendo a internet como principal ferramenta de execução. 

Os empreendedores digitais podem trabalhar com cursos, e-books, aplicativos, softwares, etc.

Empreendedor social

O empreendedor social junta o seu perfil criativo com a vontade de fazer algo de positivo pelo mundo. Normalmente, seus negócios oferecem soluções para questões que a área pública ainda não conseguiu solucionar.

Empreendedor corporativo

E está aqui um exemplo de empreendedor que não precisa necessariamente ser um empresário. O empreendedor corporativo é aquele que empreende novos projetos dentro da empresa em que trabalha.

Assim, consegue crescer na carreira e se destacar no mercado, além de ter remuneração melhor e mais conhecimento sobre a área em que atua.

Empreendedor público

Por fim, existe também o empreendedor público, que tem um perfil bem parecido com o do empreendedor corporativo, porém atua em autarquias e órgãos governamentais em vez de empresas privadas.

Em geral, são funcionários públicos que estão dispostos a pensar em formas de utilizar melhor os recursos disponíveis e inovar nos serviços básicos oferecidos para a população.

Existe um modelo ideal de perfil empreendedor brasileiro?

A verdade é que não existe um tipo ideal de empreendedor. Cada um com as suas características, pode ter sucesso na área que escolher, desde que saiba conciliar as suas habilidades com as atividades que devem ser realizadas, como já falamos aqui.

Além disso, o empreendedor sempre pode contar com o apoio de outras pessoas para realizar aquelas atividades sobre as quais não tem muito conhecimento. Esse apoio pode vir de sócios ou de funcionários, por exemplo, além de prestadores de serviço – aqui na Agilize, por exemplo,nós oferecemos o serviço de apoio fiscal e contábil para o empreendedor que não tem o conhecimento ou não quer dedicar tanto tempo a essa área do negócio.

Mas, apesar de não haver um perfil ideal, existem algumas características que estão presentes na maioria dos empreendedores brasileiros.

Segundo um levantamento feito pelo Sebrae, o empreendedor brasileiro:

  • tem de 18 a 30 anos;
  • quer iniciar um negócio pequeno sozinho ou com pessoas próximas;
  • pretende usar economias pessoais para abrir a empresa;
  • empreende com o objetivo de ganhar dinheiro para o seu sustento;
  • considera importante ter um emprego fixo enquanto empreende.

Dicas para despertar o seu perfil empreendedor

E aí, você acha que tem um perfil empreendedor? Se sente pronto para colocar as suas ideias em prática ou acha que ainda precisa desenvolver algumas habilidades?

Se você acha que ainda tem um caminho a percorrer antes de abrir o seu negócio, não se preocupe. A gente trouxe aqui algumas dicas que vão ajudar você a desenvolver as habilidades técnicas e comportamentais que precisa para ter sucesso empreendendo!

Invista em autoconhecimento

Como já falamos aqui, quando você sabe quais são os seus pontos fortes e fracos fica mais fácil entender o que precisa ser melhorado e quais características já podem ser exploradas.

Além disso, o autoconhecimento também ajuda você a escolher uma área de atuação com a qual tenha mais afinidade, o que pode tornar o trabalho mais prazeroso.

Se capacite

O próximo passo é entender quais são as habilidades técnicas que você ainda precisa desenvolver. Se acha que precisa conhecer mais sobre finanças empresariais, por exemplo, pode fazer um curso ou ler materiais desenvolvidos para empreendedores.

Ou se ainda não entende muito bem a legislação fiscal e empresarial, pode buscar uma consultoria ou fazer leituras sobre o tema.

A ideia aqui é estar sempre buscando o conhecimento que você ainda não tem, mas que julga necessário para fazer um bom plano de negócio e, depois, uma boa administração da empresa que abrir.

Estude a concorrência

Quando você analisa o que a concorrência está fazendo consegue identificar lacunas do mercado que podem ser preenchidas com as suas soluções.

Além disso, essa observação vai ajudar você a entender o que dá certo e errado para as empresas no seu ramo de atuação, quais são as boas práticas do mercado e como você pode trazer soluções diferenciadas para o público.

Faça networking

A rede de contatos também pode ajudar você a ter mais conhecimento, encontrar bons fornecedores, reduzir custos e formar parcerias valiosas.

Ainda que você empreenda sozinho, é importante ter uma boa rede de contatos. Isso é essencial para que você escute opiniões diferentes sobre um mesmo assunto, consiga ver uma situação com outros olhos, troque ideias e até mesmo divulgue o seu novo negócio.

Tenha confiança e paciência

É raro um empreendedor ter sucesso na primeira tentativa ou nos primeiros meses de negócio. É por isso que a persistência é uma característica muito presente nesse perfil!

Muita gente desiste dos empreendimentos antes que eles deem certo por falta de confiança e paciência.

Se planeje financeiramente para passar com tranquilidade pelo momento inicial, tenha paciência e não deixe de analisar resultados para ir, aos poucos, implementando as melhorias que o negócio precisa para crescer.

Confira algumas de dicas de planejamento para empresas:

Abrindo a sua própria empresa

Quando você se sentir seguro para colocar as suas ideias em prática, o passo seguinte é a abertura da empresa. Depois de ter o plano de negócio estruturado, você deve contratar uma contabilidade para formalizar o novo negócio.

A contabilidade vai ajudar você a escolher as melhores opções de natureza jurídica e regime tributário, para que você pague o menor valor possível de impostos mensalmente.

Além disso, a contabilidade também ajuda você com toda a parte burocrática da abertura da empresa — separar documentos, escrever contratos, protocolar processos perante os órgãos competentes, entre outras coisas.

Receba o apoio que precisa na hora de empreender

Aqui na Agilize a nossa missão é simplificar todos esses processos para os empreendedores brasileiros. A gente cuida de tudo para que você não precise se preocupar com essa parte e possa focar os seus esforços na parte estratégica do seu novo negócio.

Além da abertura de empresa, a gente também está ao seu lado nos próximos momentos, fazendo a apuração mensal de impostos e cuidando para que todas as suas obrigações fiscais e contábeis estejam em dia.

Com a empresa funcionando conforme a lei e com as finanças organizadas, fica muito mais fácil ter sucesso e credibilidade no mercado!

Para saber como podemos ajudar o seu futuro negócio, preencha o formulário abaixo e receba uma proposta personalizada!

Veja outros conteúdos selecionados para você:

  1. Saiba como conseguir investimento para empresa!
  2. Tudo o que você precisa saber para ser um Empresário Individual
  3. Veja como fazer o registro de empresa na junta comercial