Gestão Fiscal: entenda a importância e como fazer sua empresa

gestao-fiscal

A gestão fiscal é uma das áreas mais sensíveis em uma empresa. Afinal, bastam poucos erros para que o negócio seja penalizado e sofra punições do Fisco.

Por isso, para manter suas finanças em ordem, cumprir com suas obrigações legais e otimizar seus resultados, é preciso entender os tópicos relacionados ao tema.

Neste artigo, vamos explicar os principais pontos relacionados à gestão fiscal e como você pode implementá-la na sua empresa.

Confira!

  1. Qual a finalidade da gestão fiscal de uma empresa?
  2. O que é um relatório fiscal?
  3. Veja a importância de fazer a gestão fiscal na sua empresa
  4. Conheça as vantagens em fazer a gestão fiscal na sua empresa
  5. Veja o passo a passo de como fazer uma boa gestão fiscal na sua empresa
  6. [EXTRA] Dicas sobre gestão fiscal

Qual a finalidade da gestão fiscal em uma empresa?

A movimentação fiscal de um período gera muitas informações que precisam ser repassadas à Receita Federal por meio de declarações, relatórios, arquivos ou algum tipo de informe para comprovar a movimentação tributária proveniente da prestação de serviços.

Desse modo, a gestão fiscal tem como objetivo principal administrar e controlar todos os aspectos relacionados aos tributos e obrigações fiscais de uma empresa

Assim, ela abrange desde a apuração e o pagamento de impostos até a elaboração de relatórios contábeis e a manutenção da conformidade fiscal.

Ao adotar uma gestão fiscal eficiente, a empresa pode evitar problemas com a Receita Federal, multas e penalidades, além de garantir uma gestão financeira mais saudável e sustentável. 

Dessa forma, isso gera maior segurança jurídica, redução de custos, aproveitamento de benefícios fiscais e a possibilidade de tomar decisões estratégicas embasadas em informações precisas.

O que é um relatório fiscal?

Um relatório fiscal é um documento que contém informações e dados relevantes sobre as questões fiscais de uma empresa, como apuração de impostos, obrigações tributárias, benefícios fiscais utilizados, entre outros. 

Ele é elaborado com o objetivo de fornecer uma visão detalhada e precisa da situação fiscal da empresa, auxiliando na tomada de decisões e no cumprimento das obrigações legais.

Quais as vantagens de elaborar um relatório de gestão fiscal?

O relatório de gestão fiscal oferece um panorama sobre a área na empresa. Assim, ele facilita:

  • Visão clara da situação fiscal da empresa;
  • Identificação de possíveis erros ou inconsistências;
  • Embasamento para tomada de decisões estratégicas;
  • Cumprimento adequado das obrigações legais;
  • Controle mais eficiente dos impostos e benefícios fiscais;
  • Apoio na obtenção de crédito e investimentos;
  • Maior transparência e confiabilidade;
  • Otimização dos processos fiscais e contábeis.

Veja a importância de fazer a gestão fiscal na sua empresa

gestao-fiscal

A gestão fiscal é essencial para garantir o cumprimento das obrigações legais e evitar problemas com a Receita Federal. 

Além disso, ela oferece diversos benefícios para a empresa. Confira os principais!

Redução de riscos

Uma gestão fiscal eficiente ajuda a identificar e corrigir possíveis erros nas obrigações fiscais, evitando multas e autuações fiscais.

Economia de recursos

Com ela, é possível identificar oportunidades de redução de impostos e aproveitamento de benefícios fiscais, resultando em economia para a empresa.

Tomada de decisões embasadas

Com a gestão fiscal, é possível obter informações contábeis e financeiras atualizadas, permitindo uma melhor análise dos resultados e embasando a tomada de decisões estratégicas.

Maior competitividade

Uma empresa que está em dia com suas obrigações fiscais e que possui uma gestão fiscal eficiente passa uma imagem de confiança para clientes, fornecedores e investidores, o que contribui para sua reputação e competitividade no mercado.

Se você cumpre com as obrigações tributárias e mantém os pagamentos em dia, vai abrir vantagem competitiva em relação aos colegas que podem estar negligenciando esse tipo de despesa. 

Afinal, quanto maior o controle, mais fácil será de identificar possíveis falhas e corrigir a tempo, sem perder muito dinheiro.

Conheça as vantagens em fazer a gestão fiscal na sua empresa

A gestão fiscal é seu braço forte e contribui de maneira determinante para que você esteja sempre amparado pela legislação. 

Veja os benefícios que você pode obter ao contar com esse suporte!

Evitar penalidades e autuações fiscais

Ao estar em conformidade com as obrigações fiscais, a empresa evita multas, autuações e sanções legais que podem comprometer suas finanças e sua reputação.

Melhorar a gestão financeira

A gestão fiscal permite uma análise mais precisa das finanças da empresa, facilitando o controle de custos, a projeção de receitas e despesas e a identificação de oportunidades de crescimento.

Além disso, o acompanhamento e a coleta processual de dados poderão eliminar a maior incidência de erros e prever os prejuízos. Atuar sempre um passo à frente é premissa básica de qualquer gestão com foco na rentabilidade e no lucro.

Recolhimento correto dos tributos

No processo de acompanhamento será possível analisar o fato gerador e identificar se todos os tributos correspondentes estão em conformidade e programados para recolhimento no prazo estabelecido.

Identificar erros e inconsistências

Ao acompanhar de perto as obrigações fiscais, é possível identificar eventuais erros ou inconsistências nas informações contábeis, possibilitando sua correção antes que se tornem problemas maiores.

Reduzir custos e aumentar a lucratividade

Com uma gestão fiscal eficiente, é possível identificar oportunidades de redução de impostos e planejar estrategicamente a carga tributária, contribuindo para a redução de custos e o aumento da lucratividade.

Veja o passo a passo de como fazer uma boa gestão fiscal na sua empresa

Antes de adotar qualquer metodologia de gestão fiscal, avalie todo o cenário financeiro, contábil e fiscal do seu negócio.

Saiba, por exemplo, em qual regime fiscal você pode operar e certifique-se de que é o melhor para o tipo de serviço que você presta ou produto que você vende.

A seguir, confira os principais pontos a serem trabalhados para desenvolver a gestão fiscal da sua empresa!

Organize os documentos fiscais

  • Nota Fiscal (NF);
  • Cupom Fiscal (CF);
  • Nota Fiscal Eletrônica (NF-e);
  • Recibo (comprovante de pagamento);
  • Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE);
  • Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF);
  • Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP);
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF).

Estes são alguns dos principais documentos fiscais. E você deve manter todos os documentos fiscais organizados e em dia, garantindo a comprovação das informações e a base para a realização de análises.

Realize um planejamento tributário

O planejamento tributário é a prática de analisar e adotar estratégias legais visando a redução da carga tributária de uma empresa, aproveitando benefícios fiscais e evitando obrigações desnecessárias.

Assim, você deve analisar a legislação fiscal e identificar as melhores estratégias para sua empresa, visando reduzir a carga tributária de forma legal e aproveitar os benefícios fiscais disponíveis.

Esteja em dia com as obrigações fiscais

Cumpra rigorosamente com as obrigações fiscais, como o pagamento de impostos, a entrega das declarações e o cumprimento dos prazos estabelecidos.

Para isso, o melhor é sempre contar com o suporte de uma contabilidade moderna e preparada para realizar o acompanhamento da sua empresa.

Faça uma análise contábil precisa

Mantenha uma contabilidade atualizada e precisa, registrando todas as operações financeiras e mantendo os livros contábeis em ordem.

Utilize ferramentas de gestão fiscal

Automatize processos e utilize ferramentas de gestão fiscal para facilitar a análise de dados, o controle de obrigações e a emissão de relatórios.

[EXTRA] Dicas sobre gestão fiscal

Além dos passos que descrevemos acima, existem alguns pontos que você deve considerar:

  • Mantenha-se atualizado sobre a legislação fiscal, acompanhando as mudanças e atualizações para garantir a conformidade da empresa;
  • Utilize softwares de gestão integrada, que permitem automatizar processos, centralizar informações e facilitar o controle fiscal;
  • Realize periodicamente uma análise interna dos processos fiscais, buscando identificar oportunidades de melhoria e correção de possíveis erros;
  • Esteja atento aos prazos de entrega das declarações fiscais e evite deixar tudo para a última hora, evitando penalidades e multas;
  • Conte com o apoio de uma empresa de contabilidade especialista no assunto, como a Agilize.

Conheça a Agilize

A gestão fiscal é fundamental para qualquer empresa que deseja se manter competitiva e em conformidade com as obrigações legais. 

Além de evitar problemas com a Receita Federal, uma gestão fiscal eficiente oferece diversos benefícios, como redução de riscos, economia de recursos e embasamento para tomada de decisões. 

E para que todas as suas obrigações estejam em dia, o melhor é contar com uma empresa que sabe do assunto!

Com a Agilize, você terá todo o suporte necessário para alcançar o sucesso na 

gestão fiscal da sua empresa.

Entre em contato e conheça os nossos serviços!