Guia prático sobre a DASN MEI

A DASN MEI é uma sigla não tão conhecida e que pode, em um primeiro momento, parecer assustadora para muitos empreendedores, porém não precisa ser assim.

Este guia prático foi elaborado para explicar melhor essa sigla e ajudar os microempreendedores individuais (MEI) a entenderem o que é de fato a DASN MEI, por que ela é importante, quando deve ser feita, os prazos e as consequências de não realizá-la.

Confira!

  1. O que é a DASN MEI?
  2. Qual a importância do DASN MEI?
  3. O que deve ser declarado na DASN MEI?
  4. Quando ela deve ser feita?
  5. Como enviar a DASN MEI?
  6. Como consultar a DASN MEI dos anos anteriores?
  7. O que acontece se você não fizer a DASN MEI?

O que é a DASN MEI?

A DASN MEI, ou Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual, é uma obrigação fiscal que deve ser realizada de forma anual por todo MEI.

Nada mais é que a geração de um documento que resume as informações fiscais do microempreendedor durante o ano anterior, reunindo os valores de pagamento das DAS e o faturamento bruto do MEI no período.

Assim, ela deve ser preenchida e entregue à Receita Federal, garantindo que o MEI esteja em conformidade com as leis tributárias.

Qual a diferença da DASN para a DAS?

A DASN (Declaração Anual do Simples Nacional), é uma obrigação anual que todo microempreendedor individual (MEI) possui de informar sua movimentação financeira e fiscal ao governo.

Enquanto a DAS (Documento de Arrecadação Simples) é uma obrigação mensal do MEI, onde através desse documento realiza o pagamento de seus impostos de forma simplificada.

Ou seja, apesar das siglas serem parecidas, os documentos possuem finalidades completamente distintas.

Qual a importância do DASN MEI?

A DASN MEI é uma declaração essencial para a manutenção da regularidade fiscal e tributária do microempreendedor individual.

Afinal, ela é o documento que comprova a continuidade das atividades do empreendedor durante o período da apuração, descrevendo os valores apurados de notas fiscais emitidas e garantindo a regularidade das atividades.

Além disso, você pode conferir outros detalhes sobre o MEI, impostos e tributos existentes, assim como outros conteúdos de tendências e relevância para sua empresa em nosso blog. Não perca nenhuma novidade, inscreva-se no formulário abaixo e receba tudo diretamente por e-mail.

O que deve ser declarado na DASN MEI?

Como explicamos acima, a DASN MEI apura o faturamento bruto do MEI durante o período de análise.

Por isso, aqui você deve preencher o valor do seu faturamento bruto no ano anterior. Para isso, é possível consultar os valores por meio da soma das notas fiscais emitidas no período.

Lembrando que o faturamento bruto é o valor total dos recebimentos do MEI por meio das suas vendas.

Assim, você consegue avaliar com maior segurança quais os resultados e evita inconsistências de dados na hora do preenchimento e envio.

Quando ela deve ser feita?

Como vimos, a DASN MEI deve ser entregue anualmente, contendo todas as informações fiscais relacionadas ao ano anterior.

É importante lembrar que não entregar a declaração ou entregá-la fora do prazo, pode trazer alguns problemas financeiros ao microempreendedor.

Prazo DASN MEI

A DASN MEI deve ser feita anualmente e o prazo para a sua entrega geralmente é até o último dia de maio de cada ano. Portanto, se você é um MEI, precisa ficar atento a essa data para evitar atrasos e complicações.

É importante ressaltar também que a falta de entrega do documento ou a entrega fora do prazo, além das penalidades financeiras, deixam a empresa irregular junto ao Fisco e à legislação tributária, o que pode trazer uma série de problemas.

Prazo DASN MEI 2024

Em 2024, será entregue a declaração anual do simples nacional do microempreendedor individual (MEI) referente às informações fiscais do ano calendário de 2023.

Se nada mudar, e a regra geral continuar sendo aplicada, a data limite para envio da declaração permanece sendo o dia 31 de maio.

Como enviar a DASN MEI?

Como já vimos, emitir a DASN MEI é um procedimento obrigatório a todos os microempreendedores individuais.

Para complementar esse guia, aqui está um guia passo a passo de como emitir a sua DASN MEI:

1: Acesse a plataforma

A primeira etapa para emitir a DASN MEI é acessar a plataforma Gov.br, que é o site oficial do governo brasileiro e que centraliza diversos serviços oferecidos à população.

Você pode acessá-lo facilmente digitando “Gov.br” em qualquer mecanismo de busca online.

plataforma-gov-dasn-mei

2: Clique em “serviços”

Na plataforma você encontrará diversas informações e serviços. Para emitir a DASN MEI, clique na seção “Serviços”.

Ao clicar na seção de “Serviços”, uma lista com várias opções disponíveis será exibida, clique na opção “Empresas & Negócios”.

plataforma-gov-dasn-mei

3: Selecione “empreendedor”

Dentro da seção “Empresas & Negócios” para avançar a próxima etapa. Selecione a opção “Empreendedor” ou algo similar que indique serviços direcionados a essa categoria.

plataforma-gov-dasn-mei

4: Escolha a opção “declaração anual de faturamento”

No canto superior esquerdo da tela, estarão várias opções de serviços destinados ao empreendedor.

Clique nesse botão e siga o caminho: Empreendedor > Serviços para MEI > Declaração Anual de Faturamento.

plataforma-gov-dasn-mei

5: Preencha os dados da declaração

Nessa tela, busque pela opção “Entregar Declaração Anual de Faturamento” e selecione. Você será redirecionado para uma nova página, onde vai acessar com o seu CNPJ.

Ao realizar o acesso, você deve preencher as informações relacionadas a declaração, certificando-se de preencher de forma correta.

plataforma-gov-dasn-mei

6: Verifique e envie a declaração

Após preencher todos os campos necessários, verifique cuidadosamente as informações inseridas para garantir que estão corretas e atualizadas.

Depois de conferir as informações cuidadosamente, clique na opção para enviar a declaração.

7: Emita o comprovante

Após o envio bem-sucedido da DASN MEI, você pode emitir o comprovante de envio da declaração.

Guarde este comprovante com segurança, pois ele é importante para comprovar que você está em conformidade com suas obrigações fiscais e tributárias.

É aconselhável ainda, em caso de dúvidas específicas ou se precisar de assistência adicional ao emitir a DASN MEI, entrar em contato com uma contabilidade especializada.

Essa ajuda especializada pode disponibilizar informações detalhadas sobre a declaração ou auxiliar no processo de emissão.

Como consultar a DASN MEI dos anos anteriores?

Também é possível realizar a consulta de declarações transmitidas em anos anteriores. Para isso, basta acessar o Portal do Simples Nacional e seguir os passos:

  • No canto direito da tela, busque pela opção “Consulta Declaração Transmitida”;
  • O sistema irá solicitar o login através do CNPJ que teve a declaração transmitida MEI, o CPF do responsável e o código de acesso ou certificado digital.

Após o login e acesso, você terá na tela uma lista das últimas declarações anuais transmitidas.

O que acontece se você não fizer a DASN MEI?

Não realizar a DASN MEI ou entregar após o prazo pode ter sérias consequências para o microempreendedor individual, entre elas:

  • Multa no valor de R$ 50,00;
  • Suspensão do CNPJ;
  • Dificuldade no acesso a soluções financeiras (abertura de contas, empréstimos, etc);
  • Dificuldade da obtenção/renovação de alvarás;
  • Exclusão da categoria de MEI.

Portanto, é fundamental que todo MEI cumpra essa obrigação fiscal de forma regular e dentro dos prazos estabelecidos. Não fazer o DASN MEI é uma escolha que pode trazer sérias consequências financeiras e legais.

Conheça a Agilize

A Agilize é uma empresa de contabilidade que oferece suporte a empreendedores e prestadores de serviços na gestão financeira de seus negócios.

Com uma equipe preparada e pronta para ajudar a sua empresa a desenvolver os melhores caminhos de crescimento, aqui você encontra o suporte necessário para desenvolver o seu negócio. Fale conosco para receber uma proposta personalizada.

Além disso, também oferecemos a possibilidade de você abrir o seu MEI gratuitamente e ainda contar com alguns recursos, como emitir Guia de pagamento DAS, fazer a declaração anual, acessar seu cartão CNPJ e muito mais.

Conheça nosso app Agilize MEI, disponível para os modelos Android ou IOS.

Caso você prefira fazer a abertura assistida com um especialista, você pode contar com o nosso suporte para realizar todo o processo por um preço exclusivo. Clique abaixo:

Veja outros conteúdos selecionados para você:

  1. Tudo o que você precisa saber para ser um Empresário Individual
  2. Saiba como emitir nota fiscal eletrônica em 2 passos
  3. Aprenda como consultar dívidas no CNPJ