Como montar uma academia: conheça o investimento e o passo a passo!

como montar uma academia

Você tem vontade de empreender e quer saber como montar uma academia? Essa é uma área que está em pelo crescimento no Brasil e no mundo, já que as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a sua saúde e bem-estar.

Somente aqui no país, são mais de 21 mil academias em funcionamento, o que coloca a gente no topo do ranking de países com mais academias.

Mas como dar os primeiros passos rumo ao sonho de empreender nessa área? É isso que a gente vai mostrar aqui! Neste conteúdo, você vai saber tudo o que precisa para abrir uma academia – vamos falar sobre investimento, riscos, vantagens e trazer um passo a passo completo para você abrir a sua empresa.

Acompanhe!

  1. Saiba qual é o investimento para abrir uma academia
  2. Veja quais são os documentos necessários para abrir uma academia
  3. Passo a passo de como montar uma academia
  4. Conheça os riscos e vantagens de abrir uma academia

Saiba qual é o investimento para abrir uma academia

A gente sabe que na hora de tirar um plano do papel, é muito importante ter um planejamento financeiro. Afinal, sem o dinheiro necessário não é possível alugar um espaço, comprar os equipamentos, divulgar o negócio e nem arcar com todos os outros custos que estão envolvidos no processo de abertura de uma empresa.

Mas quanto será que custa montar uma academia?

Bom, a verdade é que o valor a ser investido pode variar muito, a depender de diversos fatores, como a sua localização e a qualidade e quantidade dos equipamentos a serem comprados. 

Tenha em mente que o custo para montar uma academia varia de R$ 80 mil a R$ 200 mil.

Mas, como falamos, é importante que você saiba que esse é um custo médio, para pode variar para mais ou para menos, a depender do tipo de negócio que você pretende montar.

Se você quer, por exemplo, abrir uma pequena academia no seu bairro, com poucos equipamentos e uma estrutura mais simples, pode ser que consiga montar toda a estrutura gastando menos.

Por outro lado, se pretende abrir um negócio de alto padrão em um bairro nobre, pode acabar gastando ainda mais.

Veja quais documentos são necessários para abrir uma academia

Além de todo o planejamento do negócio, uma grande parte do processo de abertura de uma empresa, seja qual for o seu ramo, envolve algumas burocracias. Você vai precisar separar diversos documentos e entregá-los ao contador responsável pelo seu negócio, que tomará todas as providências para que sejam encaminhados para as autoridades competentes.

Para abrir uma academia, você deve ter os seguintes documentos:

  • RG e CPF;
  • comprovante de residência;
  • certidão de casamento, se casado;
  • contrato de locação do imóvel escolhido;
  • comprovante de pagamento do IPTU do imóvel.

Com esses documentos em mãos, o contador vai conseguir realizar os primeiros trâmites para a abertura da empresa, como a emissão do seu CNPJ e os alvarás necessários para o funcionamento da sua academia.

Lembre-se de que, se você tiver sócios, eles também precisarão apresentar todos esses documentos!

passo a passo de como montar uma academia

Como montar uma academia? Veja o passo a passo do processo de abertura da empresa

Se você quer saber como montar uma academia, saiba que o processo não é difícil, mas envolve uma série de etapas que precisam ser cumpridas para que você tenha um negócio bem-sucedido e que funcione de acordo com a legislação do país.

A seguir, confira o passo a passo que preparamos!

1. Monte um plano de negócios

O plano de negócios é o primeiro passo de qualquer nova empresa, independentemente do seu porte e da sua área de atuação.

Esse plano é um documento completo sobre a futura empresa, com análises de público, financeiras e de mercado.

Aqui no blog da Agilize você encontra um conteúdo completo com tudo o que você precisa para criar um plano de negócio. Salve ele nos seus favoritos e não deixe de dar uma lida com calma depois!

Mas, agora, para que você entenda rapidamente, do que se trata esse plano, vamos falar brevemente sobre os seus principais pontos:

  • análise de mercado: é um estudo sobre o mercado de academias na sua região, que vai servir como base para que você defina as estratégias do seu negócio;
  • análise de público: é a definição do público da empresa, com informações sobre faixa etária, poder aquisitivo, expectativas, entre outras coisas;
  • análise da concorrência: é um levantamento sobre as academias que podem competir com a sua pelo público, listando os seus pontos fortes e fracos;
  • análise de fornecedores: é um mapeamento de possíveis fornecedores de equipamentos e serviços para a sua academia;
  • plano de marketing: define estratégias de divulgação e aquisição de clientes;
  • plano operacional: mostra como a sua academia vai funcionar na prática.

2.Faça um planejamento financeiro

Nós já falamos aqui sobre o investimento necessário para montar uma academia, mas precisamos chamar atenção para a importância deste ponto! 

Não basta conhecer o investimento médio para criar um negócio de sucesso – é preciso calcular com atenção todos os custos que você vai ter para abrir a sua academia, considerando não só a parte física do negócio, mas os outros gastos envolvidos.

Dentre eles, podemos citar a contratação de funcionários, a criação da sua marca, a divulgação e todas as taxas que devem ser pagas ao governo para que a sua academia possa funcionar.

3.Encontre o imóvel ideal para a sua academia

Com tudo planejado, é hora de partir para a prática e começar a procurar o imóvel que vai receber o seu novo empreendimento. 

Esses são alguns pontos que você precisa considerar antes de escolher um ponto:

  • o valor do aluguel e do IPTU;
  • as condições do imóvel;
  • a facilidade de acesso;
  • presença ou não de estacionamento para os alunos;
  • espaço suficiente para receber os equipamentos;
  • espaço de banheiros adequados para esse tipo de empreendimento;
  • perfil da população nos arredores;
  • existência de concorrentes na região.

Depois que encontrar o espaço ideal, é só fazer a compra ou o aluguel e guardar consigo todos os comprovantes dessa transação!

4.Escolha o regime tributário mais vantajoso

Se você quer saber como montar uma academia, tenha em mente que nem só de equipamentos e aulas vive esse tipo de negócio. Qualquer empresa precisa lidar com algumas burocracias, o que inclui o pagamento de impostos e tributos.

E a sua carga tributária vai ser definida aqui, ainda antes da abertura da empresa. Para isso, você precisa contar com o auxílio de um contador. Esse profissional é a pessoa mais indicada para ajudar você a escolher o melhor regime tributário para o negócio.

Se você não sabe ainda o que é o regime tributário, a gente explica: é a forma como as autoridades vão fazer a cobrança de impostos da sua academia. 

Escolher o regime tributário mais vantajoso evita que você acabe pagando mais impostos do que deveria, sem necessidade. No longo prazo, a escolha errada por causar grandes impactos financeiros!

5.Escolha a natureza jurídica

Além do regime tributário, você também vai precisar escolher a natureza jurídica do seu negócio. Ela também pode trazer impactos positivos ou negativos para as suas finanças, já que cada tipo de empresa tem diferentes obrigações com o Fisco.

Por isso, essa é outra escolha que deve ser feita com muito cuidado!

Para ajudar você que quer saber como abrir uma academia, listamos aqui algumas possibilidades de natureza jurídica para esse tipo de negócio:

6.Escolha os CNAEs

O CNAE é o código da Classificação Nacional de Atividades Econômicas, que indica quais são as atividades exercidas por cada empresa.

A sua academia pode ter mais de um CNAE – cada um deve corresponder a um serviço oferecido e pode ser tributado de formas diferentes.

O CNAE mais utilizado para academias é 9313-1/00: atividades de condicionamento físico. Isso inclui:

  • atividades de condicionamento físico, tais como: ginástica, musculação, yoga, pilates, alongamento corporal, e outras;
  • atividades realizadas em academias, centros de saúde física e outros locais especializados;
  • atividades de hidroginástica;
  • atividades de instrutores de educação física, inclusive individuais (personal trainer).

7.Formalize a empresa

Com todas essas definições, é hora de formalizar o seu negócio junto às autoridades. Para isso, você também vai precisar da ajuda de um contador. 

É ele que vai elaborar o Contrato Social e cumprir com todas as etapas exigidas pelo governo, como o registro na Junta Comercial do seu estado e a liberação de todos os alvarás necessários para o funcionamento da academia. 

São eles: 

8.Equipe a sua academia

Agora sim é hora de equipar o seu imóvel e transformá-lo na academia que você sempre quis ter!

O primeiro passo aqui é cuidar de tudo o que envolve a obra. Se você for reformar o imóvel, deve fazer isso antes de comprar e receber os equipamentos.

Quando tudo estiver pronto, entre em contato com fornecedores de equipamentos de ginástica para adquirir tudo o que precisa para a inauguração. O ideal é que você negocie com, pelo menos, três empresas. Assim consegue condições mais vantajosas na hora das compras e consegue manter as finanças da empresa mais equilibradas!

9.Contrate funcionários

Agora só falta contratar os funcionários para inaugurar a sua academia! Para isso, você deve considerar o horário de funcionamento e a escala de turnos – isso vai servir como base para a definição de quantas pessoas você deve contratar.

Não deixe de escolher profissionais capacitados e com todas as licenças necessárias para exercer a profissão. Isso pode evitar diversos problemas para a sua academia no futuro!

riscos e vantagens de abrir uma academia

Conheça os riscos e vantagens de abrir uma academia

Abrir qualquer tipo de negócio envolve riscos e oportunidades. Falando sobre uma academia, os riscos são os mesmos de qualquer outra empresa. Porém, com um plano de negócios bem feito e um estudo aprofundado sobre o mercado, as chances de algo dar errado diminuem significativamente!

Além disso, como falamos aqui no início do artigo, o Brasil é o país com maior número de academias do mundo. Isso mostra que os brasileiros estão dispostos a pagar por esse tipo de serviço e motivados a cuidar da saúde.

Ao mesmo tempo, estima-se que somente 2% da população brasileira está matriculada em uma academia. Ou seja, mesmo com um grande número de empreendimentos, ainda tem muito público para ser atendido!

E os números são animadores – apesar do baixo percentual de pessoas matriculadas em academias, esse mercado gera um faturamento anual de mais de R$ 2 bilhões. Ou seja, o setor pode ser muito lucrativo e tem um grande potencial de crescimento!

Conheça a Agilize!

Montar uma academia pode ser uma excelente oportunidade de ter sucesso como empreendedor. Mas, para atingir os resultados desejados, é preciso tomar uma série de cuidados e precauções desde o momento de abertura da empresa.

É por isso que contar com o apoio de um contador experiente é tão importante! Como você viu aqui, esse profissional vai ajudar a fazer escolhas mais inteligentes desde os primeiros momentos, evitando que você pague impostos a mais do que o necessário e que já dê os primeiros passos no novo negócio com as suas contas equilibradas.

Além disso, você também vai precisar de um contador no dia a dia da sua academia. Isso é essencial para que você mantenha em dia todas as suas obrigações fiscais e contábeis e evite problemas com a Receita Federal. Esses problemas podem trazer consequências graves, como a aplicação de multas, encerramento da empresa e até prisão.

Aqui na Agilize, nós temos um time de contadores super experientes que está disponível para ajudar você em todas as etapas da sua vida como empreendedor. A gente cuida de tudo para que você possa focar no que realmente importa, que é a criação de estratégias para o crescimento do seu negócio.

Para saber como podemos ajudar você nessa caminhada, é só preencher o formulário abaixo e solicitar um orçamento! Você vai receber uma proposta personalizada, com todas as informações que precisa para dar esse primeiro passo.