Formalize seu negócio no Mercado Livre com a Agilize!

Quer saber como formalizar o seu negócio no Mercado Livre e potencializar o crescimento da sua empresa? Continue lendo este artigo!

Aqui nós vamos explicar por que a formalização é vantajosa e mostrar um passo a passo para fazer isso, indicando qual a melhor natureza jurídica para cada caso.

Vamos lá?

  1. Por que se tornar um vendedor formalizado no Mercado Livre?
  2. Como formalizar o seu negócio no Mercado Livre
  3. MEI ou ME?
  4. Como a Agilize te ajuda a formalizar seu negócio no Mercado Livre

Por que se tornar um vendedor formalizado no Mercado Livre?

Quando você formaliza o seu negócio, você passa a ter um CNPJ e pode emitir notas fiscais. Vendedores pessoas físicas que atuam no Mercado livre não precisam necessariamente emitir a nota, precisam lidar com algumas restrições.

Pessoas físicas têm um limite mensal de R$ 12 mil em vendas. Para vender mais que isso, você precisará ter um CNPJ e informar esse e outros dados sobre a empresa no seu cadastro.

Além disso, os vendedores formalizados no Mercado Livre têm acesso ao Mercado Coletas ou Mercado Envios, o serviço de entregas que a empresa oferece para os vendedores. Assim, o Mercado Livre retira as mercadorias no seu endereço e entrega de forma mais ágil aos clientes — e você ainda tem acesso a embalagens personalizadas e descontos nos valores do frete.

Outro benefício que o Mercado Livre oferece para vendedores formalizados é o Mercado Líder, um sistema de classificação que coloca em destaque os melhores vendedores da plataforma. 

Isso pode te dar prioridade e mais visibilidade nas buscas, oportunidade de passar por capacitações com a equipe da empresa, atendimento personalizado via chat e a possibilidade de oferecer frete grátis para os clientes com 50% de desconto pelo Mercado Envios. 

Você já viu que se formalizar vai trazer muitos benefícios, não é?


E, por fim, não podemos deixar de falar sobre a percepção que o cliente tem da sua loja. O consumidor se sente muito mais seguro em realizar compras com empresas do que com pessoas físicas. Nesse sentido, ter um CNPJ vai passar muito mais credibilidade para o seu público!

Como formalizar o seu negócio no Mercado Livre?

Para formalizar o negócio no Mercado livre, você vai precisar abrir uma empresa. E o processo aqui é como outro qualquer! Você vai definir a natureza jurídica do seu negócio e o regime tributário de acordo com o tipo de empresa que pretende abrir, se vai empreender sozinho ou com sócio, e de acordo com o tipo de produto que vende.

O passo a passo é seguinte para empresas que não sei MEI:

  1. Defina a natureza jurídica e o regime tributário da empresa
  2. Se precisar, faça o Contrato Social
  3. Registre a empresa na junta Comercial do seu estado;
  4. Solicite o CNPJ na Receita Federal;
  5. Cadastre a sua empresa na Secretaria Estadual da Fazenda e na Prefeitura

Se você optar pelo MEI, o processo de abertura de empresa é mais simples. Basta entrar no Portal do Empreendedor, clicar em “Quero ser MEI” e completar o seu cadastro.

MEI ou ME?

Se você ainda não sabe se vai abrir um MEI ou outro tipo de empresa, não se preocupe. Vamos explicar agora qual a diferença entre as duas para que você decida qual a mais vantajosa para o seu negócio!

Como funciona o MEI?

O MEI, ou Microempreendedor Individual, é um tipo de empresa criada com o objetivo de ajudar profissionais independentes na formalização. As suas principais vantagens são a carga tributária reduzida, pouca burocracia, facilidade para obtenção do CNPJ e alguns benefícios como auxílio-doença, auxílio-maternidade e aposentadoria.

No entanto, para ser MEI, é preciso cumprir uma série de critérios:

  • ter mais de 18 anos;
  • não ser sócio de nenhuma outra empresa;
  • não ser servidor público federal;
  • ter somente um funcionário recebendo salário-mínimo ou piso da categoria;
  • faturar até R$ 81 mil por ano.

Como você pode ver, apesar de trazer muitos benefícios, só pequenas empresas podem ser MEI. Por isso, ele é o modelo mais indicado para quem está no começo da trajetória como empreendedor.

A depender do ticket médio do seu produto e  da quantidade de vendas, você vai ultrapassar o limite de faturamento. Se isso acontecer, precisará escolher outro tipo de natureza jurídica e abrir uma Microempresa.

Como funciona uma Microempresa?

Uma Microempresa (ME), pode ter várias naturezas jurídicas. Ela pode ser uma empresa individual ou uma sociedade, a depender do seu modelo de negócio. Também é possível escolher entre três regimes tributários, sendo o Simples nacional o mais vantajoso para quem fatura até R$ 4,8 milhões por ano.

No Simples Nacional, a tributação é proporcional ao faturamento – o que não acontece com o MEI, que paga um valor fixo por mês. Para as MEs enquadradas no Simples, as alíquotas começam em 4%, a depender do tipo de atividade exercida.

Ou seja, ter uma ME custa um pouco mais e dá mais trabalho quando se trata de tributação e obrigações contábeis. No entanto, o limite de faturamento é bem maior e você pode fazer o seu negócio crescer sem medo!

O que fazer se a sua empresa crescer além do limite de faturamento da natureza jurídica?

Se você se enquadrar em uma natureza jurídica e, depois de algum tempo, ultrapassar o limite de faturamento permitido, não há problema. Existem duas opções: uma delas é fechar a primeira empresa e abrir uma nova; a outra opção é fazer a migração do MEI para ME.

Em ambos os casos, você vai precisar contar com o apoio de uma contabilidade de confiança. Esses profissionais vão saber analisar a situação e indicar o processo mais adequado para o seu caso, além de cuidar de todos os trâmites para a sua consolidação.

Entenda como a Agilize te ajuda a formalizar o seu negócio no Mercado Livre

A Agilize é a primeira empresa de contabilidade online do Brasil, parceira dos empreendedores, o nosso time de especialistas pode ajudar você a formalizar o seu negócio no seu Mercado livre, seja abrindo um CNPJ para a empresa ou fazendo a migração do MEI para ME.

Se você tiver uma ME, também vai precisar do serviço recorrente de contabilidade para a empresa, pois algumas demonstrações contábeis obrigatórias precisam ser assinadas por contadores credenciados ao Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Se você já tiver um MEI, contar com o nosso suporte vai te trazer muitos benefícios para a consolidação e crescimento do seu negócio no mercado.

Ou seja, você pode contar conosco em todas as etapas da sua jornada empreendedora!

Fale agora com o nosso time e receba uma proposta personalizada para o seu negócio!