O que é DDA e como consultar?

o-que-e-dda-e-como-usar

Já pensou se existisse uma forma de centralizar os pagamentos de todos os boletos da sua empresa em um só lugar?  A notícia boa é que essa solução já existe e se chama DDA, ou Débito Direto Autorizado. 

O DDA é uma ferramenta oferecida pelos bancos que apresenta eletronicamente todos os boletos de cobrança de um CNPJ ou CPF. Assim, você só precisa conferir os documentos e autorizar o pagamento.

Achou interessante? Pois é, o DDA pode facilitar e muito a vida de quem trabalha no financeiro e tem muitos boletos a pagar!

Para saber mais sobre o DDA e entender quais são as suas vantagens e como implementar essa solução no seu negócio é só continuar lendo este artigo!

O que é DDA — Débito Direto Autorizado?

O DDA, Débito Direto Autorizado, é uma ferramenta oferecida pelos bancos que permite que você visualize todos os boletos que estão sendo emitidos para o seu CNPJ ou para o seu CPF sem a necessidade de tê-los em papel. 

Ou seja, com o DDA você consegue rastrear todos os seus boletos a pagar mesmo sem receber os documentos físicos. Isso facilita o pagamento das contas e também o controle das finanças da empresa.

O DDA foi criado em 2009 e, nessa época, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estimou que a ferramenta fosse poupar mais de 374 mil árvores, 1 bilhão de litros de água e 45 milhões de kW/hora de energia elétrica — esses cálculos foram feitos com base nos 2 bilhões de boletos emitidos em 2008.

Hoje em dia, o DDA é um dos meios de pagamento mais utilizados no país em quantidade de transações. Somente no último trimestre de 2020, foram mais de 1,54 milhão de transações realizadas.

Aproveite e fique por dentro de outros assuntos sobre controle financeiro e gestão da empresa em nossos conteúdos. Inscreva-se em nossa newsletter.

Quais são os benefícios de usar o DDA?

Já entendeu como o DDA pode ajudar a sua empresa a manter as suas contas a pagar em dia? Essa ferramenta traz mesmo muitas vantagens para o negócio e, a seguir, listamos as principais!

Evita o esquecimento

Como o empresário encontra todos os boletos emitidos em seu CNPJ em um mesmo lugar, fica mais fácil se lembrar de todas as contas a pagar. Assim, o número de pagamentos esquecidos diminui significativamente, assim como o valor gasto com multas e juros.

o-que-e-dda-e-como-usar

Agiliza o pagamento de contas

Imagine o trabalho que daria pagar boleto por boleto? Para isso, seria necessário encontrar o documento em questão e escanear cada código. isso sem contar as vezes em que o computador ou celular não consegue ler o código de barras é necessário digitá-lo na íntegra!

Com o DDA, esses dados são carregados automaticamente, o que facilita muito o trabalho. Para fazer o pagamento, basta conferir os dados carregados pela ferramenta e autorizar a transação.

Diminui a quantidade de fraudes

Infelizmente, as tentativas de golpes ou fraudes usando boletos falsos são cada vez mais comuns aqui no Brasil. Com o DDA, esse processo se torna mais seguro, pois você só terá acesso aos boletos que realmente forem emitidos no seu CNPJ, no meio eletrônico e por plataformas de banco protegidas.

O que pode e o que não pode ser pago com o DDA?

Agora que você já sabe o que é DDA, vamos falar sobre quais contas podem ser pagas com ele? Existem algumas regras do Banco Central que definem quais boletos podem e quais não podem ser pagos dessa forma.

As contas que podem ser pagas com o DDA são os boletos de cobrança registrados, como pagamentos de serviços, mensalidades, faturas de cartão de crédito, aluguel, condomínio, fornecedores, entre outros.

Entretanto, os boletos de arrecadação de tributos e contas de serviços públicos não podem ser pagos pelo DDA. Alguns exemplos são os boletos de IPVA, IPTU, contas de luz, água, gás, etc.

Qual a diferença entre Débito Direto Autorizado e Débito Automático?

Essa é uma dúvida muito comum entre as pessoas que acabaram de descobrir o que é DDA. Com esse meio de pagamento, você consegue visualizar todos os boletos emitidos para o seu CNPJ e autorizar o pagamento para que ele aconteça.

Com o débito automático é diferente. Nessa modalidade, você registra um pagamento recorrente individualmente no banco, usando um código específico. Então, o pagamento será debitado todos os meses da sua conta automaticamente, sem que seja necessária a sua autorização antes de cada transação.

O que acontece se atrasar um pagamento com DDA?

Caso você atrase o pagamento de um boleto com DDA, as consequências são as mesmas do pagamento convencional atrasado. O devedor fica sujeito a multas e juros — lembrando que esses juros e multas se limitam a até 2% do valor do boleto vencido.

E o que fazer se as informações do boleto estiverem erradas?

Se na hora de conferir as informações dos boletos você notar alguma informação errada, deve entrar em contato com o emissor do documento. Ele é o responsável pelas informações cadastradas no boleto e deve corrigi-las.

Nenhum cobrador está livre de emitir boletos com dados divergentes, afinal, erros acontecem, por isso é muito importante que você confira cada boleto antes de autorizar o pagamento, evitando assim pagar valores maiores ou menores do que os devidos.

Como implementar o DDA na empresa?

E aí, gostou do DDA e quer implementar essa solução na sua empresa? O processo é simples e fácil — veja o passo a passo!

1. Confira se o seu banco oferece essa solução

Antes de habilitar o DDA, é importante conferir se o banco que a sua empresa usa oferece essa possibilidade. Você pode fazer isso entrando em contato com o gerente ou pelos outros canais de atendimento da empresa.

Se a resposta for positiva, você pode passar para o próximo passo!

2. Habilite o DDA

O mais comum é ativar a função pelo aplicativo do banco ou plataforma de internet banking — mas o procedimento pode variar de uma instituição para a outra. 

Alguns bancos cobram por essa funcionalidade, então, antes de ativá-la, não deixe de se certificar sobre as taxas aplicadas.

Depois de receber uma notificação do banco avisando que o DDA está liberado, você já pode começar a usá-lo.

3. Controle os boletos

Com tudo pronto, você só precisa criar o hábito de verificar a entrada de boletos. A frequência dessa verificação vai depender da quantidade de boletos que a sua empresa recebe e das datas em que isso costuma acontecer.

4. Autorize os pagamentos

Como já falamos aqui, é muito importante conferir cada boleto antes de autorizar o pagamento. Caso esteja tudo certo, você pode agendar a transação para o dia do vencimento ou fazê-la na hora, caso queira adiantar o pagamento.

Dica extra: treine o seu time!

Se não é você a pessoa responsável pela conferência e pagamento dos boletos, é importante que forneça para os seus colaboradores todas as informações necessárias para a utilização do DDA! Assim você evita erros e atrasos que podem gerar multas e juros para o negócio.

Qual o impacto do DDA no controle financeiro da empresa?

Agora que você já sabe o que é DDA, certamente já entendeu como ele pode ajudar a sua empresa a controlar melhor as contas e manter a sua saúde financeira, não é? Com essa funcionalidade, você consegue reunir todos os boletos a pagar em um só lugar, o que facilita muito o controle de contas.

Além disso, usar o DDA evita atrasos, esquecimentos e agiliza o pagamento de diversas contas. 

E como o boleto fica disponível assim que é emitido pelo cobrador, você tem mais tempo para se organizar e se planejar para cada pagamento — afinal, o cobrador nem sempre envia o boleto para o devedor no mesmo dia em que faz a emissão!

Ou seja, o DDA permite que o pagamento de boletos seja feito com mais organização, tranquilidade e controle.

Potencialize o gerenciamento financeiro da sua empresa com a Agilize!

Assim como é importante manter o pagamento dos boletos registrado em dia, também é essencial pagar todos os tributos da empresa dentro do prazo, mas o que fazer se esse tipo de cobrança não pode ser conferido pelo DDA?

A solução é contar com uma contabilidade de confiança, como é o caso da Agilize! Somos a primeira contabilidade online do Brasil e estamos ao lado dos empreendedores em todas as etapas do negócio.

O time fica responsável por fazer a apuração mensal de impostos e enviar os boletos para o pagamento antes da data do vencimento. E como esse controle não pode ser feito pelo empresário via DDA, nós desenvolvemos uma plataforma que pode ser acessada de qualquer dispositivo com acesso à internet.

Nessa plataforma você tem acesso a todos os boletos de tributos emitidos para o seu CNPJ, além de todas as informações necessárias para entender o que acontece com a sua contabilidade.

Quer saber como podemos ajudar a sua empresa a manter o controle de contas e a saúde financeira? Clique abaixo e receba uma proposta personalizada!

Veja outros conteúdos selecionados para você!

  1. Como obter crédito para empresas
  2. O que é payback e como calcular o retorno de investimento?
  3. Saúde financeira: saiba como medir e melhorar a sua