Soft skills e hard skills do empreendedor: saiba quais são!

soft-skills-e-hard-skills

O mercado exige empreendedores cada vez mais completos, que tenham soft skills e hard skills bem desenvolvidas. A ideia é que esses dois tipos de habilidades se complementam, permitindo uma gestão mais ampla.

Mas os que são mesmo as soft skills e as hard skills? É sobre isso que vamos falar aqui no artigo de hoje. Além de explicar o que são e quais as diferenças entre elas, você vai conferir uma lista com as soft skills e hard skills mais importantes para os empreendedores.

Continue lendo! 

  1. O que são hard skills e soft skills?
  2. Principais diferenças entre soft skills e hard skills
  3. Qual a importância delas para o empreendedor?
  4. Torne-se um empreendedor de sucesso com a Agilize!

O que são soft skills e hard skills?

Soft skills e hard skill são um conjunto de habilidades comportamentais e técnicas que ajudam um profissional a se destacar. O termo skills, que vem do inglês, significa “habilidades”, em português. E as palavras hard e soft, que na tradução literal significam “duro” e “macio”, são usadas para representar as habilidades técnicas e comportamentais, respectivamente.

Como não é possível fazer uma tradução exata e manter o significado da expressão, a gente vai falar mais sobre cada um desses grupos de habilidades para que você entenda melhor.

Antes de continuar, já se inscreve em nossa newsletter e receba as principais informações sobre o mercado empreendedor.

Hard skills

As hard skills são as habilidades técnicas de um profissional. Por muito tempo, elas eram o principal critério das empresas na hora de contratar funcionários, principalmente porque é mais fácil mensurar esse tipo de habilidade (com um diploma, prova ou um teste prático, por exemplo).

Ou seja, as hard skills são aquelas habilidades que podem ser ensinadas por meio de cursos, treinamentos, etc.

Esses são alguns exemplos de hard skills:

  • Conhecimento em informática e tecnologia;
  • Operação de máquinas e ferramentas;
  • Habilidades para usar certos sistemas;
  • Conhecimento de uma língua estrangeira;
  • Graduação, mestrado e doutorado.

Quando um profissional vai montar o seu currículo, geralmente são as hard skills que ganham destaque, já que elas mostram a capacitação técnica e formação do profissional. 

Soft skills

Já as soft skills são as habilidades comportamentais, que são mais difíceis de reconhecer e mensurar. Você não consegue provar com um diploma ou um certificado a sua habilidade de liderar pessoas, por exemplo, porque isso está muito ligado a aspectos subjetivos.

Uma pessoa que fez um curso de liderança pode ter menos capacidade de liderar do que alguém que desenvolveu essa habilidade de outras formas ao longo do tempo, ainda que o conhecimento técnico sobre liderança seja também importante.

Até pouco tempo atrás, as soft skills não eram tão valorizadas pelo mercado quanto as hard skills. Mas, como você sabe, o mundo está sempre evoluindo, e hoje as pessoas já entendem que essas habilidades comportamentais são tão importantes quanto as técnicas.

Aos poucos, as empresas estão entendendo que não adianta ter um chefe ou um time altamente capacitado se essas pessoas não conseguem lidar com suas emoções, fazer trabalhos em grupo ou lidar com a pressão do ambiente do trabalho. 

Esses são alguns exemplos de soft skills:

  • Liderança;
  • Comunicação interpessoal;
  • Inteligência emocional;
  • Persuasão;
  • Capacidade analítica;
  • Resolução de conflitos;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão.

Principais diferenças entre soft skills e hard skills

Lendo até aqui, você viu que as diferenças entre soft skills e hard skills são bem claras, não é mesmo?

As hard skills, que são as habilidades técnicas, podem ser aprendidas por meio de cursos, treinamentos, graduações, entre outras coisas. Já as soft skills têm um processo de aprendizado bem diferente, pois envolve experiências pessoais e profissionais, disciplina e esforço.

Outra diferença é que as soft skills precisam de mais tempo para serem desenvolvidas e podem levar toda a vida sendo aprimoradas. Por outro lado, uma soft skill pode ser aprendida e dominada com pouco tempo de estudo.

A forma de mensurar essas habilidades também é diferente. As hard skills, como falamos, podem ser medidas e comprovadas com provas, exames e testes práticos. As soft skills, por sua vez, são mais difíceis de serem mensuradas, pois estão ligadas à personalidade de cada pessoa e às suas subjetividades.

Qual a importância delas para o empreendedor?

Apesar de diferentes, soft skills e hard skills são igualmente importantes para o empreendedor. As hard skills são as habilidades que vão ajudar na operação e gestão da empresa, fazendo com que o empresário tenha capacidade de tomar decisões, desenvolver produtos e prestar serviços com a qualidade que o seu público espera.

Se você tem uma empresa de tecnologia, por exemplo, é essencial que tenha todo o conhecimento técnico necessário para desenvolver e manter funcionando os sistemas com os quais trabalha, certo?

Indo para outro exemplo, um médico que monta uma clínica também precisa ter conhecimentos técnicos específicos para conseguir atender os seus pacientes e fazer diagnósticos e tratamentos de forma correta.

Ou seja, sem as hard skills necessárias, dificilmente um empreendedor vai conseguir ter sucesso com o seu negócio. E o mesmo acontece com as soft skills!

O empreendedor em tecnologia, além do conhecimento sobre sistemas, precisa ter capacidade de trabalhar sob pressão, lidar com clientes de diferentes temperamentos, trabalhar em equipe e resolver problemas de forma rápida, sempre focando na solução, sem deixar que os obstáculos atrapalhem a sua performance técnica.

Assim como o médico também precisa ter um bom trato com os pacientes, sendo empático e compreensivo, além de liderar o seu time e saber lidar com as próprias emoções diante de cenários adversos.

Como falamos lá no início do artigo, as soft skills e hard skills são habilidades que se complementam!

Quais são as hard skills mais indicadas para o empreendedor?

É difícil indicar uma lista exata de hard skills para empreendedores, já que cada tipo de empreendimento vai exigir diferentes habilidades técnicas. Seguindo os exemplos que demos aqui em cima, o desenvolvedor vai precisar de competências completamente diferentes de um médico.

soft-skills-e-hard-skills

Mas como a gente sabe que todo empreendedor, além de realizar a sua atividade-fim, também precisa criar e gerenciar um negócio, aqui vai uma lista de hard skills que vão ser muito úteis para a gestão da empresa:

Análise de mercado

Ter a capacidade de analisar o mercado e a concorrência é muito importante para que o empreendedor compreenda o cenário em que se inclui e consiga traçar estratégias para se diferenciar.

Tomada de decisão

A tomada de decisão em um negócio deve ser feita sempre com base em dados, analisando minuciosamente cada possibilidade — e não com a intuição, como muitas vezes acontece na vida pessoal.

Vendas

Toda empresa precisa vender e atrair novos clientes para ter sucesso e crescer. Por isso, é importante que o empreendedor conheça estratégias de vendas, ainda que ele não atue diretamente com o cliente.

Conhecimentos sobre informática e sistemas específicos

Mesmo que o seu negócio não seja no ramo de tecnologia, você provavelmente vai precisar lidar com sistemas de gestão e programas de computador. Saber como operar cada um deles vai deixar o seu trabalho mais prático e eficiente.

Gestão de mídias sociais

A internet hoje é um dos principais pontos de contato entre as empresas e o seu público. Por meio dela, é possível vender, atrair novos clientes, tornar o negócio mais conhecido, fidelizar pessoas e aumentar a conexão com o público.

Gestão de finanças

A gente não precisa nem falar sobre a importância de manter a saúde financeira da empresa, não é? Sem isso, dificilmente o negócio consegue se manter funcionando e é essencial que o empreendedor tenha capacidade técnica para controlar o que entra e sai do caixa e tomar decisões de forma estratégica.

E quais são as soft skills mais importantes para quem empreende?

Agora vamos falar sobre as habilidades comportamentais mais importantes para o empreendedor? Veja a lista!

Boa comunicação

Ninguém trabalha sozinho, ainda que empreenda sozinho. Mesmo que você seja a única pessoa da empresa, ainda vai precisar se comunicar com o seu público e os seus clientes, e é muito importante fazer isso de forma clara para evitar conflitos e mal-entendidos.

E se você tiver uma equipe, essa habilidade se torna ainda mais importante!

Liderança

O empreendedor precisa ser líder em seu próprio negócio e sabe liderar tanto o seu time como as pessoas que prestam serviço para a empresa e parceiros.

Inteligência emocional

A inteligência emocional ajuda você a identificar, validar e lidar com os seus sentimentos, mas sem deixar que eles interfiram no seu trabalho de forma negativa. 

Criatividade

O mercado está sempre aberto para ideias inovadoras e, por isso, a criatividade pode ser um grande diferencial. Além do mais, ela vai ajudar a encontrar soluções criativas na resolução de questões internas.

Resiliência

Quem empreende sabe que a jornada pode ser bastante desafiadora. Você certamente vai ouvir muitos “nãos” ao longo do caminho e é preciso ter resiliência para continuar tentando até atingir os seus objetivos.

Gestão de tempo

Saber gerenciar o seu próprio tempo, conciliando vida pessoal e profissional também é essencial. O ócio e os momentos de lazer são tão importantes quanto o trabalho!

Torne-se um empreendedor de sucesso com a Agilize!

Agora que você já fez a lista de soft skills e hard skills que precisa desenvolver para ter sucesso no seu negócio, vamos partir para o próximo passo e falar sobre a abertura da sua empresa?

Nós somos a Agilize, primeira contabilidade online do Brasil, e temos um time de especialistas que vai ajudar você a tornar o sonho de empreender realidade. A gente te ajuda com tudo, desde a abertura da empresa até o cumprimento mensal das suas obrigações fiscais e contábeis.

Assim você abre o seu negócio com todo o apoio que precisa e fica mais tranquilo para cuidar da parte estratégica, que é muito importante para que tudo dê certo. Depois, consegue gerenciar a sua empresa sabendo que está tudo em dia com a Receita Federal e demais autoridades, sem deixar de cumprir nenhuma lei e ainda economizando no pagamento de impostos.

Quer saber como a gente pode te ajudar? É só clicar abaixo e preencher o formulário!

Veja outros conteúdos selecionados para você!

  1. [Passo a passo] Como começar a empreender do zero?
  2. Tipos de empreendedorismo: conheças algumas opções para seu negócio
  3. Como ser um empreendedor de sucesso? Confira o passo a passo!
';