Aprenda como calcular margem de lucro!

A margem de lucro é um importante indicador financeiro, que indica quanto lucro uma empresa está tendo em um determinado período ou operação. 

E se você tem uma empresa, provavelmente o lucro é o seu principal objetivo, não é? Afinal, sem ele, o seu negócio pode estar no prejuízo ou apenas se pagando – e nenhum dos dois cenários é bom para a empresa e nem para as pessoas que fazem parte dela.

Neste artigo você vai aprender como calcular a margem de lucro da sua empresa e como entender se o resultado obtido é bom ou não. No final, também vai conferir as nossas dicas para obter a margem de lucro ideal para o seu negócio.

Continue lendo!

  1. O que é margem de lucro
  2. Como calcular margem de lucro da empresa: confira o passo a passo
  3. Margem de lucro bruta x margem de lucro líquida
  4. Como saber se a sua margem de lucro é boa
  5. Entenda a importância de conhecer a margem de lucro da empresa
  6. Qual é a margem de lucro permitida por lei
  7. Dicas para obter a margem de lucro ideal para o seu negócio

O que é margem de lucro?

A margem de lucro é um valor percentual que indica a relação entre o lucro bruto e a receita total. Ficou um pouco difícil de entender? A gente explica melhor!

Primeiro, vamos explicar o que é lucro: ele é a diferença entre o faturamento com a venda de um produto ou serviço e os custos de produção ou de execução do trabalho.

Imagine que você tem uma confecção e precisou investir R$ 50 para a fabricação de uma camiseta. Se você vender essa mesma camiseta por R$ 120, teve R$ 70 de lucro.

A margem de lucro é o que indica, em percentual, o lucro com as vendas em um determinado período. Ou seja, ela é a diferença entre o faturamento e os custos com os produtos que foram vendidos ou serviços prestados.

Como calcular a margem de lucro da empresa: confira o passo a passo

Para calcular a margem de lucro da empresa em um determinado período, você deve somar todos os custos e todo o faturamento e, depois, achar a diferença entre os dois valores.

Voltando ao exemplo da confecção de camisetas, imagine que você vendeu 100 peças em um mês. Você faturou R$ 12.000,00 e teve R$ 5.000,00 de custos. O seu lucro, então, foi de R$ 7.000,00.

Para calcular a margem de lucro, usamos a seguinte fórmula:

lucro bruto / receitas totais = margem de lucro

Ou seja:

7.000 / 12.000 = 0,58

Como a margem de lucro deve ser um percentual, multiplicamos o resultado por 100. Isso quer dizer que a margem de lucro da confecção de camisetas, no mês em questão, foi de 58%.

Margem de lucro bruta x margem de lucro líquida

Esse cálculo que você acabou de conferir se refere à margem de lucro bruta, que é a diferença entre o faturamento e todos os custos e despesas variáveis da empresa. 

Mas existe também a margem de lucro líquida, que é obtida após subtrairmos todos os custos fixos do lucro bruto, como impostos, tributos, contas de consumo, aluguel, despesas administrativas etc. Ou seja, não estamos falando de lucro, mas de lucratividade.

Essa é a fórmula usada para calcular a margem de lucro líquida:

margem líquida = (receitas líquidas – custos operacionais / receitas líquidas) x 100

Como saber se a sua margem de lucro é boa

Agora vamos voltar para o exemplo da confecção de camisetas. Quando calculamos a margem de lucro, chegamos ao resultado de 58%. Mas será que esse é um resultado satisfatório?

A verdade é que a resposta para essa pergunta depende de muitos fatores, sendo um deles o ramo de atuação da empresa. É comum que produtos de luxo tenham margens maiores e produtos de uso diário, margens menores, No entanto, a depender do volume de vendas, comercializar produtos de uso diário ainda pode ser mais lucrativo.

Portanto, para saber se a sua margem de lucro é boa, você precisa analisar a saúde financeira do negócio como um todo!

Mas, para ajudar, vamos deixar aqui algumas médias do mercado:

  • serviços: 20% a 30%
  • comércio: 15% a 20%
  • indústria: 8% a 12%

Qual a importância de conhecer a margem de lucro da empresa?

O lucro é o objetivo de toda empresa, certo? Por isso, conhecer a margem de lucro de um negócio é fundamental para saber se ele está cumprindo o seu objetivo, se opera no zero a zero ou se traz prejuízos. 

Para que uma empresa tenha sucesso, ela não deve pagar suas contas e nada mais. Ela precisa dar lucro para seus investidores! Afinal, ninguém investe sem a intenção de receber dinheiro de volta, não é mesmo? Se isso acontecesse, seria uma doação, e não um investimento.

Conhecendo a margem de lucro do negócio, você consegue ter informações importantes sobre a empresa e tomar decisões com base em dados, que podem ser muito mais assertivas. Esse conhecimento traz uma visão ampla sobre a real situação da organização e ajuda a traçar planos para melhorar os resultados (e sim, mesmo resultados que já são bons podem ficar ainda melhores).

É com base nesse conhecimento que a empresa pode, por exemplo, planejar uma expansão, fazer novos investimentos, aumentar os salários dos funcionários, contratar novas pessoas, entre outras coisas.

Entenda qual é a margem de lucro permitida por lei

Ter uma alta margem de lucro é ótimo, mas isso não quer dizer que você pode cobrar quanto quiser pelos serviços que presta ou produtos que vende.

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) é o órgão que protege os consumidores de cobranças abusivas e estabelece que uma margem de lucro é abusiva quando o valor cobrado é 20% acima do valor que os pontos de vendas pagaram pelo mesmo produto ao distribuidor.

Portanto, na hora de precificar, mantenha os pés no chão e não exagere!

Dicas para obter a margem de lucro ideal para o seu negócio

Agora que você já sabe como calcular a margem de lucro, que tal conferir as nossas dicas para estabelecer um valor ideal para o seu negócio?

Precificação

Precificar corretamente é fundamental para que a empresa tenha uma boa margem de lucro. A precificação deve considerar todos os custos envolvidos na produção ou aquisição de um produto, além de fatores referentes ao mercado, como os preços praticados pelos concorrentes e a inflação, por exemplo.

Você também pode considerar o volume de vendas, como já mostramos aqui. Itens de luxo, por serem menos vendidos, tendem a ter margens maiores – o contrário do que acontece com itens de uso diário.

Custos e despesas

Outro conselho importante é nunca precificar um produto de acordo com o valor que você gostaria de receber pela venda ou acha que merece. A precificação deve ser feita com base em dados, considerando todos os custos e despesas da empresa.

Margem de lucro nas receitas recorrentes

Gerar receitas recorrentes é uma ótima forma de manter adequada a sua margem de lucro. É o caso de programas de assinatura e vendas de pacotes. Quando um pet shop vende um pacote de serviços de banho e tosa, por exemplo, está fazendo isso.

Dessa forma, a empresa consegue ter liquidez, fidelizar clientes e garantir a melhoria da margem de lucro, enquanto o cliente tem mais comodidade e pode receber algumas vantagens, como desconto, brinde ou sessão extra.

Foque na margem e não no lucro em si

Isso quer dizer que a sua precificação deve considerar ainda a demanda do produto. Quando você pensa a partir de uma visão ampla do mercado, pode aumentar o seu market share.

Saiba como a Agilize pode te ajudar!

Saber como calcular a margem de lucro da empresa e analisar os resultados é fundamental para a implementação de melhorias e melhor entendimento sobre a saúde financeira do negócio. Para isso, é importante ter em mãos todos os dados referentes às movimentações.

Contar com uma boa contabilidade, portanto, pode ser essencial para ajudar você a entender a saúde da organização, restabelecer o controle financeiro e garantir que tudo funcione conforme a legislação.

A Agilize é a primeira empresa de contabilidade online do Brasil e tem um time completo de especialistas que estão sempre a postos para tirar todas as suas dúvidas, de forma transparente e sem palavras difíceis. A gente cuida de toda a burocracia para que você possa ficar na parte estratégica!

Fale com um dos nossos especialistas e solicite um orçamento personalizado para a sua empresa!