Impostos Lucro Presumido: conheça os tributos sobre este regime tributário

Impostos Lucro Presumido e o que são.
Muitas vezes o empresário (ou futuro empresário!) se depara com questões que podem lhe parecer confusas, principalmente na contabilidade.
Dessas questões, os Impostos Lucro Presumido, ou seja, os Impostos sobre empresas do Lucro Presumido certamente estão dentre as principais.
É por isso que achamos interessante trazer ao Blog da Agilize este tema! Queremos que você entenda esses impostos de uma vez por todas.

Para entender os Impostos Lucro Presumido, primeiro entenda o que é o Lucro Presumido!

O Lucro Presumido é uma modalidade de regime tributário na qual os impostos são calculados com base em um percentual do seu faturamento.
Nesta forma de tributação, presume-se que um determinado valor do faturamento da empresa foi seu lucro e, portanto, será sobre essa parcela que alguns impostos serão calculados.
A maioria das micro e pequenas empresas que não se enquadram no Simples Nacional, são de Lucro Presumido!

Impostos Lucro Presumido: federais e municipais

Confira abaixo os tributos referentes as diferentes esferas de poder:
Impostos Sobre o Lucro Presumido: Federais
PIS (Programa de Integração Social)– 0,65 %
COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) – 3,00%
CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) –  1,08% ou 2,88% (depende da atividade)
IRPJ (Imposto de Renda – Pessoa Jurídica) – 1,2%; 2,4%; ou 4,8% (depende da atividade)

Impostos Sobre o Lucro Presumido: Municipais (tomando Salvador como exemplo)


ISS (Imposto sobre Serviços) – 2% à 5% (depende da atividade e do município)
O objetivo desse post foi trazer de maneira breve e direta uma explicação sobre os Impostos Lucro Presumido. Esperamos que tenha sido útil para o seu entendimento!
Lembramos que a escolha sobre a melhor forma de tributação para sua empresa (Simples, Lucro Presumido ou Lucro Real) deve ser tomada com o máximo cuidado!
É importante contar com a ajuda do seu contador para descobrir se Lucro presumido é o regime tributário mais apropriado para sua empresa, e assim pagar a menor carga de impostos possível para a sua situação.