O planejamento financeiro para profissional liberal é uma prática fundamental que todo empreendedor deve assumir, principalmente para se antecipar às barreiras e oportunidades que aparecem sempre no caminho, qualquer que seja o ramo de atividade.

Este ano de 2019, inclusive, é um momento propício para tratar desse assunto, visto que o número de microempreendedores formais no país, no primeiro trimestre, ultrapassou a marca de 8 milhões — ao mesmo tempo em que 13 milhões de pessoas foram registradas em situação de desemprego pelo IBGE.

Sendo assim, aproveite esta oportunidade agora e vá adiante na leitura deste post para obter ideias de grande valor para o seu negócio ser ainda mais produtivo. Confira!

1. Evite misturar finanças pessoais e empresariais

Quanto mais separadas forem essas duas áreas na vida de profissionais liberais, menos complicada será a gestão financeira. Na prática, separar finanças pessoais e empresariais significa mais tranquilidade e rapidez nas tomadas de decisões importantes, maior facilidade para adquirir crédito privado, boa impressão diante de fornecedores e de possíveis investidores, entre muitas outras vantagens.

Por exemplo, os valores recebidos dos cliente como pagamento devem ser registrados pelo empresário entre as receitas daquele mês, depositados na conta bancária da pessoa jurídica e administrados de forma separada das finanças domésticas. O mesmo ocorre com os pagamentos, que também devem ser realizados com recursos da empresa, prioritariamente.

2. Mantenha atenção sobre o fluxo de caixa

Praticamente tudo o que é feito em seu negócio próprio tem origem no seu orçamento. Portanto, ficar de olho no fluxo de caixa é um comportamento que deve estar presente em seu dia a dia.

Existem pagamentos ou recebimentos agendados para hoje? A previsão de saldo bancário é suficiente para cobrir os lançamentos atuais e futuros em curto prazo? Será preciso contrair crédito para capital de giro neste mês?

Enfim, mesmo atuando como profissional liberal, o acompanhamento frequente do fluxo de caixa é necessário, porque traz à luz a real situação das finanças do empreendimento e proporciona uma visão que ajuda a reduzir os riscos de você entrar em endividamentos precipitados ou desnecessários.

3. Tenha desde já a aposentadoria em vista

Com que idade você pretende diminuir significativamente o ritmo de trabalho: aos 55, 60, 65? Além disso, você já pensou quanto quer ganhar lá na frente?

O profissional empreendedor precisa o quanto antes se preocupar com a aposentadoria e fazer investimentos nessa área — por exemplo, em previdência privada ou em outros fundos de renda fixa.

As mudanças no sistema nacional de previdência social tornam a preocupação com a aposentadoria ainda mais urgente para o profissional liberal.

Estima-se que quem deseja se aposentar dentro dos próximos 25 anos deve investir algo em torno de 17% da sua renda. Sendo assim, se o investimento para a aposentadoria for feito em um fundo com rendimento médio na casa dos 0,7% ao mês, em valores aproximados será necessário investir mensalmente:

  • R$ 160 para receber um salário mínimo (hoje R$ 998,00);
  • R$ 255 para 1 salário mínimo e meio;
  • R$ 510 para 3 salários mínimos;
  • R$ 850 para 5 salários mínimos;
  • R$ 1.700 para 10 salários mínimos;
  • R$ 3.400 para 20 salários mínimos.

Qualquer pessoa pode realizar simulações desse tipo diretamente na calculadora do Banco Central e ter acesso na hora a uma estimativa de investimentos desse tipo.

4. Nunca pare de captar clientes

No final, são eles que “pagam as contas” e, por isso, não podem ser deixados em segundo plano. Para prosperar como profissional liberal, nunca pare de prospectar, principalmente pela internet, pois dependendo da estratégia utilizada, as chances de sucesso são bem maiores no ambiente online, e é possível captar novos clientes o tempo todo, dia e noite.

Portanto, reserve mensalmente uma percentagem de seu faturamento para investir em ações de marketing on e offline. Assim, procure ter cartões de visita, um website e esteja presente em mídias sociais.

Se puder ir mais longe nessa área, também aplique dinheiro em anúncios patrocinados online. Eles alcançam seu público-alvo específico e o desempenho deles pode ser facilmente medido.

5. Não deixe de tirar férias

Ser um empreendedor dedicado e cheio de garra não implica ser workaholic todo o tempo. Férias são mais que necessárias.

Permanecer muitos anos sem tirar períodos mais longos de descanso demonstra que o empresário está sendo incapaz de se organizar financeiramente, a ponto de não poder passar nem uma semana sequer fora da operação, a fim de relaxar e se divertir com o cônjuge, com a família ou com os amigos.

6. Precifique corretamente sempre

Praticar valores extremamente divergentes dos praticados no mercado é uma forma inadequada de precificar serviços e produtos.

Cobrar preços muito altos por alguns serviços, por exemplo, nem sempre passa a impressão de que a mão de obra é bastante qualificada, exceto quando se têm cases de peso na bagagem. Do mesmo modo, cobrar muito abaixo do que os concorrentes cobram, passa a impressão de inexperiência ou de que o negócio vai mal financeiramente.

O ideal é ser moderado e saber comunicar com honestidade as reais vantagens que o valor investido pelos clientes em sua empresa vai proporcionar a eles de volta em forma de benefício.

7. Seja um forte aliado da tecnologia

Aplicativos para gerenciamento financeiro são tão importantes quanto softwares corporativos. Uma das diferenças entre eles é que os aplicativos são mais práticos, na medida em que podem ser acessados pelo celular. Os softwares, em geral, têm seus melhores recursos presentes somente no computador, embora alguns também ofereçam interface mobile.

Softwares e aplicativos são realmente importantes na gestão das finanças de um profissional liberal, pois resumem informações complexas, permitem tratamento de dados e maior rapidez nas análises.

Desse modo, o ideal é conciliar os dois recursos tecnológicos, por exemplo: os aplicativos para tratar da economia doméstica, e os softwares online para cuidar das áreas financeira e contábil da empresa.

As planilhas eletrônicas também têm sua importância no controle financeiro, mas os riscos de segurança (como ausência de histórico de alterações, necessidade de backup, lentidão de processamento em arquivos grandes etc.) fazem dela uma ferramenta acessória, e não principal.

Sendo assim, que outras dicas você acrescentaria a estas 7? Compartilhe-as conosco nos comentários!

Escolha uma contabilidade movida por facilidades. Conheça a Agilize


Contabilidade completa – Cuidamos de todas as suas obrigações contábeis
Atendimento excelente – Telefone, chat ou e-mail
Tudo pela internet – Emita notas fiscais e acompanhe tudo no nosso aplicativo financeiro gratuito

Quero receber uma proposta

Marcelle Lauria

Marcelle Lauria

Marcelle é contadora, produtora de conteúdo e Gestora do time de Customer Success da Agilize Contabilidade Online. Apaixonada por contabilidade e gestão de pessoas.

Faça um Comentário

Você pode trocar de contabilidade quando quiser. Não é necessário finalizar o ano fiscal, e não tem nenhum custo.

Tem alguma dúvida sobre por que você deve contratar a Agilize? Fale com um dos nossos contadores experts:

Ligamos para você

Entraremos em contato em até 30 minutos, e você não estará assumindo nenhum compromisso com a Agilize.
(de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h)

Você considera contratar uma contabilidade online?

4 coisas que você deve considerar ao contratar uma contabilidade online:

Os preços cobrados pela contabilidade online

Você deve se proteger de empresas que não são transparentes nos preços cobrados. Na Agilize, você fica ciente de absolutamente tudo que será cobrado, sem pegadinhas, com planos a partir de R$ 99. E não cobramos a 13ª mensalidade dos nossos clientes.

Os serviços prestados pela contabilidade online

Fique atento(a) aos serviços prestados para que você não tenha surpresas no futuro. A Agilize é uma contabilidade completa, que atende empresas de prestação de serviços em 14 cidades no Brasil.

O aplicativo financeiro e contábil

Oferecer um aplicativo de gestão financeira e contábil completo e que funcione corretamente é fundamental para que você possa focar no crescimento do seu negócio. A Agilize oferece um sistema completo, que funciona em computadores, celulares e tablets.

O atendimento é feito por contadores experts

É importante que você saiba quem está cuidando da sua empresa, e também que tenha acesso a essas pessoas. Na Agilize, você conta com um time de contadores experts acessíveis desde a contratação, sempre que precisar.