Se você se preocupa em agregar valor, um ponto é crucial para que isso ocorra.

Você faz idéia do que seja?

Se costuma ler os artigos da Agilize, sabe o quanto falamos sobre isso.

Pois bem, sem mais mistério, o principal ponto, ao qual me refiro, é a transparência.

Como se tornar reconhecido, não só entre seus clientes mas entre seus colaboradores, sem primar por esse valor?

É inegável pensar em consolidar um negócio sem prezar por isso.

Ainda há muitas empresas que precisam despertar para essa questão.

Calma, sei que não é o seu caso!

A partir de hoje, por acreditar que você, assim como a Agilize, passa longe da mediocridade, é que sei que colocará em prática o que vamos lhe ensinar.

Aposto que quer saber como gerar a transparência que criará um efeito dominó de valor no seu empreendimento, certo?

Já ouviu falar do Informe de Rendimentos?

Sabia que ele impacta diretamente sua gestão financeira?

Sabe o que é e como elaborar um?

Fique ligado nos tópicos que deixaremos a seguir, pois serão preponderantes para gerar o resultado tão esperado por você:

O que é Informe de Rendimentos?

Obrigação de toda contabilidade, o Informe de Rendimento é um documento que a empresa gera para seus colaboradores, no intuito de conferir segurança, para que o mesmo possa realizar a sua declaração.

Esse documento é utilizado na fiscalização da Receita federal, através dos informes emitidos pelas empresas em comparação com as declarações que cada colaborador realiza anualmente, no seu imposto de renda.

Caso alguma discrepância seja identificada, tanto a empresa quanto o colaborador irão cair na malha fina, até que seja provado o motivo da diferença ou comprovada a sonegação de impostos.

Acho que ficou claro para você que o Informe de Rendimentos é um instrumento fiscalizatório, que aumenta a segurança, não, apenas, na questão fiscal mas tributária, né?

Serve para respaldar o colaborador, porém, a empresa também. Pois, se, hipoteticamente, ao usar de “má fé,” um colaborador fizer uma declaração à Receita Federal, a mesma poderá identificá-lo e responsabilizá-lo da forma devida, sem gerar problemas para a empresa.

Como tenho certeza que você não quer cair na malha fina, sei que seguirá todas as dicas para que possa gerar a transparência desejada e agregar valor para o seu negócio.

Obrigações a serem cumpridas no Informe de Rendimento

Há alguns pontos que são imprescindíveis, para posterior elaboração do seu Informe.

Consegue imaginar quais são?

A primeira se refere a quem precisa enviar.

Esse ponto precisa ser bem esclarecido, para que não haja espaço para erros.

A empresa que for constituída no Brasil, que tenha realizado pagamento aos empregados e outras pessoas jurídicas, deve enviar para cada um o Informe de Rendimentos.

Isso é um direito de quem trabalha e possui obrigações como contribuinte.

Sócios de empresas também fazem jus a esse documento, caso possuam rendimentos mensais acima de R$ 1.903,98 ou um montante anual maior do que R$ 28.559,70, como pró-labore. Da mesma forma, rendimentos não tributáveis, maiores que R$ 40 mil ao ano.

Lucros e Dividendos, como são rendimentos isentos de tributação, não são considerados.

Observação: o Informe de rendimentos deverá ser encaminhado para aqueles colaboradores contratados que prestam serviço para quem é Microempreendedor individual (MEI), também.

O segundo ponto de extrema importância para elaboração do informe, que você deve se atentar, é o prazo de envio.

Neste ano de 2019, o prazo para o envio do Informe ficou para o dia 28 de fevereiro. A data antecede o envio do Imposto de Renda, que começou em 7 de março e encerrou no dia 30 de abril.

Observação: aquelas empresas que perderam o prazo ou divulgaram informações erradas estão sujeitas à multa. O valor atual da multa é de R$ 41,43 por documento.

Vale lembrar da necessidade das empresas encaminharem à Receita Federal a Declaração do Imposto de Renda retido na Fonte (DIRF). Nesse tipo de declaração, os valores contidos se referem aos valores pagos aos trabalhadores e contribuições como PIS e Cofins.

O prazo para o envio da DIRF, em 2019, foi o mesmo que o do Informe de Rendimentos.

Esse tipo de declaração deverá ser feita nas seguintes condições:

  • Empresas que tenham pago com retenção mais de R$ 28 mil, ao ano, para trabalhadores celetistas.
  • Empresas que tenham pago com retenção mais de R$ 6 mil, ao ano, para trabalhadores sem vínculo empregatício

Observação: deve-se redobrar a atenção para o prazo de entrega do documento mencionado, visto que seus atrasos resultam em multas que variam de R$ 200,00 à R$ 500,00. No entanto, tudo isso dependerá do Regime Tributário e Status da empresa – ativo ou inativo.

Percebeu a importância dos pontos mencionados?

Agora, você deve concordar comigo que a vida do empreendedor não é fácil. Muitos prazos para dar conta, diversos processos que corroboram para manter a qualidade do seu serviço e, consequentemente, agregar valor para todos os envolvidos no processo, correto?

Imagine só, você ter toda essa informação disponível na palma da sua mão, de forma rápida e prática, seria ótimo, né?

Você poderia assim focar na atividade principal da sua empresa, sem dissipar seus esforços e, consequentemente, tempo.

Quer saber como fazer isso?

Fique comigo até o final do artigo!

Aprenda a elaborar o seu Informe e agregue valor, Já!

Esse é o Informe de Rendimento que você, empreendedor, deve disponibilizar com os campos preenchidos para as partes interessadas.

Na parte superior, no canto direito, você deverá adicionar o ano-calendário (se refere ao ano anterior).

Em seguida, por exemplo, no item 1, Fonte Pagadora Pessoa Jurídica ou Pessoa Física, informar nome empresarial ou pessoal. Ao lado adicionar o CNPJ ou CPF. Da mesma forma seguirão os preenchimentos dos demais

Os itens subsequentes são:

  • Item 2: Pessoa Física Beneficiária dos Rendimentos
  • Item 3: Rendimentos Tributáveis Deduções e Imposto
  • Item 4: Rendimentos Isentos e Não-Tributáveis
  • Item 5: Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva
  • Item 6: Informações Complementares
  • Item 7: Responsável Pelas Informações

Você deve estar a se perguntar: onde encontro esse modelo de Informe disponível?

No site da Receita Federal, você encontrará o modelo para download, além das Instruções de Preenchimento do Comprovante de Rendimentos Pagos e de Retenção do Imposto de Renda na Fonte, também disponível na página.

Interessante, né?

Lembra que comentei que você poderá fazer tudo isso de uma forma ágil e prática, em apenas um clique?

Veja no tópico a seguir!

Agilize tudo isso, em apenas um clique!

No começo do artigo eu frisei para você a importância de se gerar valor para o seu cliente, não foi?

Disse também que a transparência é fundamental para que isso aconteça e que o Informe de Rendimentos é pautado nesse ponto.

Mencionei o quanto é imprescindível você focar na principal atividade da sua empresa, pois isso otimiza seu serviço, gera economia, impacta positivamente a sua gestão financeira e agrega valor, também.

Se você está aqui é porque preza por qualidade e sabe valorizar muito o seu próprio tempo, visto que esse é o nosso maior ativo e o que esse nos possibilita realizar escolhas.

Logo, é natural que um processo como o Informe de Rendimentos, algo tão importante para sua empresa, colaboradores, fornecedores, Estado, etc, seja tratado com o devido carinho, né?

Deixa eu lhe contar um segredo: a Agilize disponibiliza tudo isso para você, na palma da sua mão, em apenas um clique!

O nosso objetivo é ajudar você a prestar um serviço cada vez melhor.

Por isso usamos a tecnologia ao seu favor, para que não perca seu tempo com atividades complementares.

Acreditamos que quando você foca naquilo que faz bem, todos os envolvidos no processo ganham com isso.

Foque naquilo que te faz bem, conheça a Agilize!

Escolha uma contabilidade movida por facilidades. Conheça a Agilize


Contabilidade completa – Cuidamos de todas as suas obrigações contábeis
Atendimento excelente – Telefone, chat ou e-mail
Tudo pela internet – Emita notas fiscais e acompanhe tudo no nosso aplicativo financeiro gratuito

Quero receber uma proposta

Leia também:

Rafael Caribé

Rafael Caribé

CEO da Agilize Contabilidade Online. Formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal da Bahia. Adoro criar coisas novas e vê-las prosperar. Empreender é uma coisa natural para mim. É o que amo fazer!

Faça um Comentário

Você pode trocar de contabilidade quando quiser. Não é necessário finalizar o ano fiscal, e não tem nenhum custo.

Tem alguma dúvida sobre por que você deve contratar a Agilize? Fale com um dos nossos contadores experts:

Ligamos para você

Entraremos em contato em até 30 minutos, e você não estará assumindo nenhum compromisso com a Agilize.
(de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h)

Você considera contratar uma contabilidade online?

4 coisas que você deve considerar ao contratar uma contabilidade online:

Os preços cobrados pela contabilidade online

Você deve se proteger de empresas que não são transparentes nos preços cobrados. Na Agilize, você fica ciente de absolutamente tudo que será cobrado, sem pegadinhas, com planos a partir de R$ 99. E não cobramos a 13ª mensalidade dos nossos clientes.

Os serviços prestados pela contabilidade online

Fique atento(a) aos serviços prestados para que você não tenha surpresas no futuro. A Agilize é uma contabilidade completa, que atende empresas de prestação de serviços em 14 cidades no Brasil.

O aplicativo financeiro e contábil

Oferecer um aplicativo de gestão financeira e contábil completo e que funcione corretamente é fundamental para que você possa focar no crescimento do seu negócio. A Agilize oferece um sistema completo, que funciona em computadores, celulares e tablets.

O atendimento é feito por contadores experts

É importante que você saiba quem está cuidando da sua empresa, e também que tenha acesso a essas pessoas. Na Agilize, você conta com um time de contadores experts acessíveis desde a contratação, sempre que precisar.